October 18, 2018 / 11:15 AM / a month ago

Índices europeus sobem conforme temporada de balanços avança e acalma temores após ata do Fed

LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus eram negociados com leve alta nesta quinta-feira, quando uma série de balanços corporativos reprimia os temores de rápidos aumentos da taxa de juros dos Estados Unidos em meio a preocupações de que o conflito comercial entre os EUA e a China possa se intensificar e prejudicar a economia mundial.

Operadores trabalham na bolsa alemã em Frankfurt 20/09/2018 REUTERS/Staff

Às 8:05 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 subia 0,16 por cento, a 1.430 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,17 por cento, a 364 pontos.

“Os mercados europeus tiveram uma abertura mista nesta manhã, ignorando a sessão decepcionante na Ásia, onde a reação à divulgação da ata da última reunião do Fed não foi positiva”, disse Michael Hewson, analista-chefe de mercado da CMC Markets.

A ata da última reunião mostrou que todos os membros votantes do Federal Reserve apoiaram o aumento da taxa de juros no mês passado em um encontro onde eles também concordaram, de maneira geral, que os custos de empréstimos devem subir mais, apesar da opinião do presidente Donald Trump de que a elevação do juros já foi longe demais.

Enquanto isso, a temporada de divulgação de resultados do terceiro trimestre da Europa está acelerando, depois que os índices atingiram uma mínima de 22 meses na semana passada, quando o nervosismo em torno do aumento dos rendimentos dos títulos dos EUA e as preocupações geopolíticas abalaram os mercados globais.

A operadora de supermercados francesa Carrefour registrava os maiores ganhos, avançando 7,5 por cento, com a aceleração das vendas na França e no Brasil ofuscando a fraqueza no sul da Europa.

O setor de mídias apresentava o melhor desempenho, com alta de 1,7 por cento, impulsionado pela francesa Publicis, que se recuperou no terceiro trimestre e saltava 6,5 por cento.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,10 por cento, a 7.047 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,07 por cento, a 11.741 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,34 por cento, a 5.162 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização de 0,24 por cento, a 19.409 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 0,62 por cento, a 8.941 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,07 por cento, a 5.061 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below