for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Dow Jones recua com decepção de balanços corporativos e enfraquecimento do suporte da China

Pedestres caminham em Wall Street, perto da Bolsa de Valores de Nova York 02/04/2018 REUTERS/Shannon Stapleton

(Reuters) - O índice Dow Jones recuava nesta segunda-feira diante do enfraquecimento do suporte da alta na China, com os preços do petróleo caindo e sinais de balanços corporativos fracos, como da Halliburton e Hasbro, pressionando o mercado.

Por volta das 12:14 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,38 por cento, a 25.348 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,018426 por cento, a 2.768 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,82 por cento, a 7.510 pontos.

O setor de energia chegou a recuar 1,59 por cento, registrando a maior queda entre os 11 setores do S&P, depois que os preços do petróleo passaram a operar abaixo de 80 dólares por barril uma vez que a Arábia Saudita prometeu elevar sua produção a um nível recorde.

A provedora de serviços petrolíferos Halliburton também pesava sobre as ações de energia, com a empresa passando a cair 2,7 por cento depois de prever uma queda no lucro do trimestral atual.

Liderando a queda nas ações de saúde, a Bristol-Myers recuava 5,8 por cento depois que o regulador norte-americano de saúde disse que levará mais tempo para chegar a uma decisão sobre a terapia de câncer da empresa.

Os ganhos no mercado acompanhavam a alta das ações globais com a expectativa de estímulo econômico na China e uma diminuição das tensões sobre a dívida da Itália.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up