for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Wall Street se recupera com ajuda de ações de tecnologia e setor automotivo

Pedestres caminham em Wall Street, perto da Bolsa de Valores de Nova York 02/04/2018 REUTERS/Shannon Stapleton

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos subiam nesta segunda-feira, com ganhos nas ações do setor automotivo, recuperação de papéis de empresas de tecnologia e alívio sobre o rating inalterado dos títulos soberanos da Itália ajudando a recuperar as vendas generalizadas sofridas na semana passada.

Às 11:43 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,02 por cento, a 24.941 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,406332 por cento, a 2.696 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,23 por cento, a 7.255 pontos.

A montadora Ford Motor avançava 6 por cento, enquanto a General Motors ganhava 4,4 por cento depois que a Bloomberg informou que a China estava planejando cortar pela metade o imposto cobrado sobre as compras de carros.

Todos os 11 principais setores que compõem o S&P operavam em território positivo nesta segunda-feira, com tecnologia subindo 1,19 por cento e o setor de serviços de comunicação, 2,14 por cento.

Os dois setores abrigam quatro das cinco ações de alto crescimento do grupo FAANG. O Facebook, a Apple, a Netflix e a Alphabet subiam entre 1,2 e 2,2 por cento. A Amazon, que é parte das ações de consumo discricionário e outras fortemente atingidas por balanços de empresas de tecnologia incomumente instáveis na semana passada, negociava em estabilidade.

Wall Street foi abalada pelo nervosismo em relação a eventos geopolíticos, assim como por temores em relação às tarifas, aumento de salários e custos de empréstimos, colocando o índice de refrência S&P 500 no caminho para seu pior desempenho mensal desde maio de 2010.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up