October 30, 2018 / 11:00 AM / 16 days ago

Índices europeus devolvem ganhos e recuam com resultados fracos da Lufthansa e BNP Paribas

LONDRES (Reuters) - Os índices acionários europeus voltavam a operar em território negativo nesta terça-feira depois de uma abertura forte, cedendo ao peso dos balanços corporativos decepcionantes, enquanto os setores de aviação, bancos e construção civil recuavam.

Operadores trabalham na bolsa alemã em Frankfurt 20/09/2018 REUTERS/Staff

Por volta de 7:57 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 0,16 por cento, a 1.396 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,16 por cento, a 355 pontos.

As negociações têm sido tensas após a última quinzena ter causado grandes perdas que deixaram o STOXX 600 próximo da mínima de 22 meses.

Embora o apetite por risco tenha melhorado um pouco no pregão asiático depois que Pequim fez uma nova tentativa de estabilizar os mercados do país, a recuperação da Europa rapidamente acabou.

“Foram divulgados resultados decepcionantes da Lufthansa, da Beiersdorf e da Reckitt, que juntas não são uma bom indicador”, disse Mike van Dulken, chefe de pesquisa da Accendo Markets.

As empresas continuam a sinalizar pressões de custo e dificuldades no setor de construção.

As ações da Geberit registravam o pior desempenho, caindo 9,1 por cento depois que a fornecedora suíça de materiais de encanamento cortou sua previsão de vendas e disse que estava mais cautelosa em relação à indústria de construção.

Os papéis da Lufthansa recuavam 8,9 por cento, para uma mínima de 17 meses, depois que a companhia aérea alemã divulgou um lucro abaixo das expectativas para o terceiro trimestre e disse que aumentará seu número de vôos mais modestamente do que seus concorrentes nesta temporada.

A Beiersdorf, dona das marcas de cosméticos Nivea e La Prairie, caía 2,5 por cento depois que suas vendas não atingiram as expectativas e a rival Reckitt Benckiser também divulgou vendas mais fracas.

As ações bancárias também recuavam após os resultados.

Os papéis do BNP Paribas tinham o pior desempenho do índice francês CAC 40, com queda de 3,5 por cento, depois que o maior banco listado da França divulgou receita abaixo do esperado no terceiro trimestre.

. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,05 por cento, a 7.029 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,42 por cento, a 11.302 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 perdia 0,41 por cento, a 4.968 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização de 0,55 por cento, a 18.935 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 0,17 por cento, a 8.806 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,75 por cento, a 4.989 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below