November 7, 2018 / 10:08 AM / 5 days ago

Índices europeus se recuperam após eleições parlamentares dos EUA; bancos espanhóis sobem

MILÃO (Reuters) - Os índices acionários europeus se recuperavam nesta quarta-feira, após as eleições parlamentares norte-americanas não terem sido uma grande surpresa, enquanto uma série de resultados corporativos sólidos e os ganhos dos bancos espanhóis com uma decisão fiscal favorável também proporcionavam alívio.

Visão geral da bolsa de valores em Frankfurt, Alemanha 06/11/2018 REUTERS/Staff

Por volta das 8:04 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 subia 1,11 por cento, a 1.440 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhava 1,11 por cento, a 367 pontos, com todos os índices de países e setoriais operando em território positivo.

Democratas aproveitaram uma onda de insatisfação com o presidente dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump, para conquistar o controle da Câmara dos Deputados, ganhando a oportunidade de bloquear a agenda de Trump e colocar o governo federal sob intensa fiscalização.

“Com os democratas assumindo a Câmara, agora teremos que ver o que o impasse no Congresso significa para a política econômica. Quanto ao impacto no mercado, um Congresso dividido tem sido historicamente altista para ações e esperamos ver o mesmo padrão novamente”, disse Torsten Slok, economista-chefe internacional do Deutsche Bank.

“É muito cedo para prever onde a política econômica irá ... O que importa para os mercados é o que acontecerá com a política comercial, política de saúde, política de imigração e política fiscal”, disse ele.

As divulgações dos resultados corporativos impulsionavam os maiores ganhadores do STOXX 600, com a Delivery Hero e a Ahold subindo 7 e 5,7 por cento, respectivamente, após divulgar resultados sólidos. A Adidas recuava 5,1 por cento depois que a empresa de roupas esportivas cortou sua meta de receita devido a uma queda nas vendas na Europa Ocidental.

O foco estava sobre os bancos espanhóis depois que a Suprema Corte determinou na terça-feira que os bancos não precisam pagar um imposto sobre hipotecas, poupando as instituições de ter que reembolsar bilhões de euros para os devedores que pagaram as taxas por anos.

As ações do Sabadell, BBVA, Santander e Bankia subiam mais de 3 por cento.

. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 1,09 por cento, a 7.117 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,65 por cento, a 11.615 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 1,38 por cento, a 5.144 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 1,38 por cento, a 19.534 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,82 por cento, a 9.152 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,94 por cento, a 5.024 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below