November 27, 2018 / 4:55 PM / 15 days ago

Rendimentos dos Treasuries recuam após Trump ameaçar com mais tarifas contra a China

NOVA YORK (Reuters) - Os rendimentos dos Treasuries recuavam nesta terça-feira com os investidores comprados na ponta mais longa da curva diante das renovadas preocupações com as tensões comerciais entre Estados Unidos e China após o presidente norte-americano, Donald Trump, afirmar que prevê elevar as tarifas sobre os produtos chineses.

Antes da reunião com o presidente chinês, Xi Jinping, no encontro do G20 na Argentina, Trump afirmou ser “altamente improvável” que ele aceite o pedido da China de segurar o aumento das tarifas sobre 200 bilhões de dólares em importações chinesas. As declarações foram dadas em entrevista ao Wall Street Journal na qual Trump repetiu sua ameaça de taxar todas as importações remanescentes da China.

“Em meio aos dados e tudo que se fala do Fed esta semana, (o comércio entre EUA e China) ainda é o foco principal. Ele tem o maior impacto possível sobre o sentimento de risco que tem sido o condutor nas classes de ativos”, disse Jonathan Cohn, estrategista de juros do Credit Suisse.

A dívida do governo dos EUA é considerada um investimento seguro em momentos de incerteza política. Mas as compras foram moderadas quando o vice-chair do Federal Reserve, Richard Clarida, defendeu mais altas dos juros em discurso.

O rendimento do título de 10 anos era negociado a 3,0645, de 3,07 por cento na segunda-feira. A nota de dois anos tinha rendimento de 2,8309 por cento, ante 2,8304 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below