December 20, 2018 / 9:56 AM / in 10 months

Índices recuam e voltam aos níveis de 2016 com decepção com Fed

MILÃO (Reuters) - Uma perspectiva decepcionante de juros do Federal Reserve pressionava fortemente os índices europeus nesta quinta-feira, com vários índices de referência atingindo as mínimas de dois anos devido a preocupações de que as condições monetárias mais apertadas possam pesar sobre o crescimento econômico.

Operadores durante pregão na Bolsa de Frankfurt, na Alemanha 26/11/2018 REUTERS

Por volta das 7:54 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 1,19 por cento, a 1.332 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 1,19 por cento, a 337 pontos, atingindo seu nível mais baixo desde dezembro de 2016.

Depois de elevar a taxa de juros pela quarta vez este ano, o Fed sinalizou “mais algum aumento gradual” à frente, frustrando as expectativas do mercado de uma mensagem mais “dovish” do banco central da maior economia do mundo.

“As preocupações nos EUA sobre o setor imobiliário e os empréstimos alavancados permanecem. Está claro que a taxa de juros não pode continuar a subir por muito tempo sem ter consequências importantes para o crescimento econômico”, disse Edoardo Fusco Femiano, analista de mercado da corretora eToro.

As vendas generalizadas na Europa eram amplas, atingindo todos os setores, com as ações cíclicas, como de mineração e de bancos, liderando as fortes quedas, recuando 2,7 e 1,9 por cento, respectivamente.

Os setores defensivos, como o farmacêutico e as empresas de serviços públicos, tinham um desempenho melhor, mas ainda assim negociavam em queda.

Entre os movimentos individuais, as ações da empresa de alumínio Norsk Hydro recuavam quase 4 por cento e estavam entre as maiores quedas da Europa, depois que os Estados Unidos disseram que vão suspender as sanções contra sua rival Rusal. A notícia pressionava os preços do alumínio para mínimas de 16 meses.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,89 por cento, a 6.705 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,96 por cento, a 10.663 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 perdia 1,41 por cento, a 4.710 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização de 1,26 por cento, a 18.702 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 1,05 por cento, a 8.676 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 1,16 por cento, a 4.689 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below