January 9, 2019 / 3:54 PM / 4 months ago

Wall St sobe pelo 4º dia com esperanças de acordo entre China e EUA

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas de valores norte-americanas subiam pelo quarto dia consecutivo nesta quarta-feira, com os ganhos em ações de energia e tecnologia se somando ao otimismo em relação a sinais de progresso nas negociações comerciais EUA-China.

Por volta de 13:49 (horário de Brasília), o índice Dow Jones .DJI subia 0,11 por cento, a 23.814 pontos, enquanto o S&P 500 .SPX ganhava 0,149549 por cento, a 2.578 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq .IXIC avançava 0,41 por cento, a 6.925 pontosO índice de tecnologia S&P .SPLRCT subia 1,07 por cento, impulsionado por Microsoft (MSFT.O), Apple (AAPL.O) e fabricantes de chips.

As ações da Boeing (BA.N) e da Caterpillar (CAT.N), sensíveis a notícias ligadas ao comércio, subiam mais de 1 por cento, com o índice industrial S&P .SPLRCI avançando 0,64 por cento.

Autoridades dos EUA e da China encerraram as negociações em Pequim que duraram mais que o esperado e autoridades disseram que os detalhes serão divulgados em breve, aumentando as esperanças de que uma guerra comercial total que possa prejudicar gravemente a economia global possa ser evitada.

As esperanças de um acordo comercial entre as duas maiores economias do mundo, fortes dados sobre empregos nos Estados Unidos e as observações “dovish” do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sobre as taxas de juros ajudaram o S&P a acumular ganho de 9,7 por cento ante a mínima de 20 meses.

“Há uma forte tendência de alta que vem desde a desaceleração da véspera de Natal. Portanto, qualquer desenvolvimento que pareça estar levando a uma eventual resolução será útil para os mercados”, disse Randy Frederick, vice-presidente de negociação e derivativos da Charles Schwab em Austin, Texas.

O índice de Volatilidade .VIX, frequentemente referido como indicador de medo do investidor, caiu meio ponto para um mínimo de um mês.

Uma alta nos preços do petróleo por oito dias consecutivos elevou o índice de energia da S&P .SPNY 1,05 por cento.

A Amazon (AMZN.O), agora a mais valiosa companhia norte-americana que alimentou a recente alta do mercado, recuava 0,25 por cento.

A Apple (AAPL.O) subia 0,5 por cento, apesar da reportagem do Nikkei Asian Review que a empresa reduziu a produção planejada para seus três novos modelos de iPhone para o trimestre janeiro a março.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below