January 9, 2019 / 6:54 PM / 6 months ago

DIs recuam com otimismo com cenários externo e local

SÃO PAULO (Reuters) - As taxas dos contratos futuros de juros terminaram a quarta-feira majoritariamente em queda, com a expectativa de que seja anunciada em breve uma proposta de reforma da Previdência e ainda sob influência do mercado externo.

“O mercado está comprando a história de uma reforma da Previdência mais profunda”, destacou o diretor de tesouraria de um banco estrangeiro.

Na véspera, o ministro da Economia, Paulo Guedes, após reunião com o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, informou que a reforma do atual modelo de Previdência será acompanhada pela criação de um regime de capitalização, que trará ganhos mais fortes para o sistema.

Nesta manhã, Onyx afirmou que ele e Guedes esperam apresentar na próxima semana ao presidente Jair Bolsonaro um projeto completo de reforma da Previdência para recuperar o sistema atual e criar um novo regime de capitalização para as futuras gerações.

“Notícias são positivas, mas acho que mercado agora quer ver algo mais concreto, o anúncio em si da reforma”, avaliou um operador de renda fixa de um banco nacional ao justificar o movimento tímido dos DIs na seção.

O recuo dos DIs também foi influenciado pelo mercado externo, após o término das negociações entre Estados Unidos e China.

O editor de um jornal estatal chinês afirmou em uma publicação em uma mídia social acreditar que a China e os EUA divulgarão um comunicado na quinta-feira.

Mais tarde, o gabinete do Representante de Comércio dos EUA adiantou que a China prometeu comprar “um volume substancial” de bens e serviços agrícolas, energéticos e manufaturados dos Estados Unidos. Disse ainda que ambos os lados discutiram “maneiras de alcançar equidade, reciprocidade e equilíbrio nas relações comerciais entre nossos dois países”.

A curva a termo precificava nesta quarta-feira 91 por cento de chances de manutenção da Selic no primeiro encontro de política monetária do Banco Central deste ano, nos dias 5 e 6 de fevereiro, e o restante esperando elevação de 0,25 ponto percentual. Na véspera, as chances de manutenção estavam em 89 por cento.

Veja as taxas dos principais contratos de DIs no fechamento:

mês ticker último fechamento variação

(%) anterior (%) (p.p.)

MAR9 6,415 6,411 0,004

JAN0 6,585 6,58 0,005

JAN1 7,36 7,37 -0,01

JAN23 8,39 8,43 -0,04

JAN25 8,89 8,94 -0,05

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below