February 21, 2019 / 4:57 PM / 4 months ago

Wall Street recua sob pressão de ações de saúde e dados econômicos fracos

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos recuavam nesta quinta-feira, pressionado por dados econômicos fracos e pela queda nas ações de saúde, lideradas pela Johnson & Johnson, com os investidores observando atentamente as negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

Por volta das 13:53 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,29 por cento, a 25.879 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,374906 por cento, a 2.774 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,43 por cento, a 7.457 pontos.

As encomendas de bens de capital dos Estados Unidos caíram inesperadamente em dezembro, em meio à queda na demanda por maquinário e metais primários, apontando para uma desaceleração adicional nos gastos de empresas com equipamentos, o que pode prejudicar o crescimento econômico.

Outro relatório divulgado nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho mostrou que o número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio-desemprego caiu na semana passada, mas a média móvel de quatro semanas subiu para máxima de mais de um ano, sugerindo que o mercado de trabalho está desacelerando.

“No geral, os dados estão mostrando que a economia não é está tão forte quanto no verão de 2018 (no hemisfério norte)”, disse Robert Pavlik, estrategista-chefe de investimentos e gerente sênior de portfólio da SlateStone Wealth LLC.

Os Estados Unidos e a China começaram a esboçar acordos em princípio sobre as questões mais complicadas em sua disputa comercial, marcando o progresso mais significativo até agora na direção de encerrar a guerra comercial que já dura sete meses, de acordo com fontes familiarizadas com as negociações.

A Johnson & Johnson caía 1,3 por cento, pressionando tanto o S&P 500, quanto o Dow Jones.

A farmacêutica disse que recebeu intimações de reguladores dos EUA relacionadas a litígios envolvendo suposta contaminação por amianto em sua linha de produtos Baby Powder. O setor de saúde do S&P caía 0,65 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below