March 4, 2019 / 3:22 PM / 4 months ago

Bolsas chinesas fecham perto de máximas em 9 meses com esperança de acordo comercial

XANGAI (Reuters) - As principais bolsas chinesas fecharam em alta nesta segunda-feira, ampliando ganhos recentes, em meio a notícias de que Washington e Pequim estão perto de fechar um acordo para encerrar um longo embate comercial, enquanto a China se prepara para a abertura da sessão anual no parlamento.

O índice de Xangai subiu 1,12 por cento, a 3.027,58 pontos, fechando acima dos 3.000 pontos pela primeira vez desde junho e maior patamar desde 14 de junho.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,18 por cento, para 3.794,10 pontos, maior nível desde 12 de junho.

O volume negociado foi alto, com cerca de 52,56 bilhões de ações negociadas na bolsa da Xangai, bem acima da média móvel de 30 dias de 23,04 bilhões de ações em um dia. Na véspera, volume alcançou 34,58 bilhões.

Zhang Yanbing, analista na Zheshang Securities, em Xangai, disse que o rali foi uma continuação da força do mercado “motivada pela combinação de muitos fatores favoráveis” que surgiram desde outubro do ano passado.

Mas ele disse que a notícia de um possível acordo entre a China e os Estados Unidos e a abertura da sessão anual do Parlamento da China em 5 de março podem ser vistos como fatores específicos que impulsionam os ganhos nesta segunda-feira.

Os EUA e a China parecem estar próximos de um acordo que reduziria as tarifas dos EUA em bens chineses em pelo menos 200 bilhões de dólares, enquanto Pequim promete mudanças estruturais na economia e eliminação de tarifas de retaliação sobre produtos dos EUA, informou no domingo uma fonte informada sobre as negociações.

No domingo, o jornal Wall Street Journal reportou que o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente da China, Xi Jinping, podem selar um acordo formal em uma cúpula em 27 de março, dado o progresso nas negociações entre os dois países.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,02 por cento, a 21.822 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,51 por cento, a 28.959 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,12 por cento, a 3.027 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,18 por cento, a 3.794 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,22 por cento, a 2.190 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,38 por cento, a 10.349 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,95 por cento, a 3.251 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,40 por cento, a 6.217 pontos.

Reportagem de Andrew Galbraith

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below