March 27, 2019 / 12:16 PM / 7 months ago

Dólar avança mais de 1% ante real após derrota do governo na Câmara e aguardando Guedes

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar avançava mais de 1 por cento frente ao real nesta quarta-feira, após derrota do governo na Câmara uma vez que deputados aprovaram uma PEC que torna o Orçamento mais impositivo.

Notas de real e dólar em casa de câmbio no Rio de Janeiro 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Ao mesmo tempo, o mercado aguarda participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, em audiência da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, prevista para 14h, após ele ter cancelado sua ida à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara por conta da indefinição quanto ao nome do relator.

Às 10:12, o dólar avançava 1,44 por cento, a 3,9224 reais na venda. Na véspera, a moeda encerrou com alta de 0,24 por cento, a 3,8666 reais na venda.

O dólar futuro subia por volta de 1 por cento.

Na véspera, os deputados aprovaram Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna obrigatória a execução de emendas coletivas no Orçamento da União, no que pode ser visto como um firme recado de insatisfação na relação com o governo do presidente Jair Bolsonaro após dias de farpas sendo trocadas entre Executivo e Legislativo.

“É um dia em que o mercado vai estar na defensiva... Acho que o cenário político está muito complicado, essa retaliação da votação da PEC contra o governo é difícil. O Congresso é muito poderoso e está mostrando isso para o governo novo”, afirmou o diretor da corretora Mirae Asset, Pablo Spyer.

Também na terça-feira, líderes do centrão e de outros partidos na Câmara anunciaram que atuarão para tirar do texto de reforma da Previdência enviado pelo governo Bolsonaro as mudanças nas regras da aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Do lado externo, o mercado observa um dia importante para o Brexit, com o Parlamento reunido nesta tarde para definir o rumo da saída da UE, sob expectativa de que a premiê britânica, Theresa May, ofereça seu cargo em troca da ratificação de seu acordo após duas derrotas.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 14,5 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de abril, no total de 12,321 bilhões de dólares.

O BC também anunciou na véspera que realizará na sexta-feira leilão de linha — venda com compromisso de recompra — para rolagem de oferta de 3 bilhões de dólares.

Por Laís Martins

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below