April 8, 2019 / 12:37 PM / 3 months ago

Índices recuam sob pressão de ações de tecnologia e fornecedores da Boeing

(Reuters) - Os índices acionários europeus recuavam nesta segunda-feira após uma semana de fortes ganhos, pressionados pelas perdas nas ações de tecnologia e de fornecedores europeus da fabricante de aviões norte-americana Boeing.

REUTERS/Staff

Às 9:23 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 0,05 por cento, a 1.525 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,08 por cento, a 388 pontos.

O DAX, da Alemanha, sensível ao comércio, tinha queda de 0,24 por cento, encerrando a sequência de sete dias de vitórias - a mais longa desde outubro de 2017.

Mais cedo, dados mostraram que as exportações e importações alemãs caíram mais do que o esperado em fevereiro, o mais recente sinal de que a maior economia da Europa provavelmente registrará um crescimento mais fraco no primeiro trimestre.

“É um começo muito, muito lento, com a maioria dos setores operando em queda por realizações de lucro depois da semana anterior”, disse Mark Taylor, operador de vendas do Mirabaud Global Thematic Group.

Taylor também disse que houve uma queda no número de compras devido à ausência de novas notícias sobre o comércio, com os investidores observando os desenvolvimentos do Brexit, a reunião de política do Banco Central Europeu e os dados da China do final da semana.

Os fornecedores europeus da Boeing, como a Safran, Melrose e Meggitt, estavam sob pressão depois que a fabricante informou que vai cortar a produção mensal de sua aeronave 737 em quase 20 por cento, na esteira de dois acidentes fatais envolvendo o modelo.

A empresa de software SAP, a empresa de tecnologia mais valiosa da Europa, era a que mais pesava sobre o STOXX 600, com queda de 2 por cento após anunciar a saída do chefe do grupo de negócios de nuvem, a mais recente de uma série de partidas.

O índice FTSEurofirst 300 tinha queda de 0,05 por cento, a 1.525 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,02 por cento, a 7.448 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,24 por cento, a 11.980 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,05 por cento, a 5.478 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização de 0,03 por cento, a 21.751 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 0,64 por cento, a 9.449 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,09 por cento, a 5.304 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below