April 22, 2019 / 3:32 PM / 5 months ago

Dólar ronda estabilidade ante real atento a tratativas sobre Previdência e com caminhoneiros

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar oscilava em torno da estabilidade ante o real nesta segunda-feira, com os avanços na tramitação da reforma da Previdência no radar dos investidores que retornam do feriado de Páscoa, atentos às tratativas com os caminhoneiros.

Funcionário conta notas de dólar em casa de câmbio 20/03/2019 REUTERS/Mohamed Abd El Ghany

Às 12:23, o dólar recuava 0,04 por cento, a 3,9281 reais na venda

Na quinta-feira, a divisa caiu 0,11 por cento, para 3,9298 reais na venda. Na semana passada, a cotação subiu 1,04 por cento, maior alta para o período desde a semana encerrada em 22 de março.

O dólar futuro subia 0,23 por cento nesta sessão.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) deve votar a admissibilidade da reforma da Previdência na terça-feira após um adiamento na semana passada, que gerou aflição entre agentes financeiros.

A atenção dos investidores está em eventuais concessões e retiradas de pontos da proposta após o governo ter feito acenos nesse sentido em meio à ameaça de uma derrota.

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, admitiu nesta segunda-feira a possibilidade de mudanças no texto da reforma da Previdência cuja admissibilidade deverá ser votada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara na terça-feira.

Nesta tarde, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reúne-se com o presidente Jair Bolsonaro e em seguida com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Além da Previdência, outro tema passa a ter destaque no radar de participantes do mercado: as tratativas do governo para evitar uma eventual greve de caminhoneiros.

“É um tema importante, não que haja expectativa para que ela aconteça, mas se houver reviravolta e ela acontecer, pode indicar para o mercado que há ainda mais falta de articulação no governo do que se pensava”, afirmou um operador de uma corretora nacional, destacando que o mercado se atentará para a capacidade do governo em negociar e evitar uma paralisação

Está prevista para esta segunda-feira uma reunião da Confederação Nacional do Transportadores Autônomos (CNTA) com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, depois de aumento do preço do diesel anunciado pela Petrobras na quarta-feira.

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto Santos Cruz, afirmou que o governo está “entre a cruz e a espada” nas negociações com os caminhoneiros, de um lado pressionado pelas restrições econômicas e de outro ante uma decisão política que pode evitar paralisação da categoria.

No exterior, a agenda do dia deve ser tranquila, com os mercados europeus fechados em função de feriado. O dólar recuava ante a cesta das principais moedas, mas subia frente a uma série de divisas emergentes, como peso mexicano, lira turca e rupia indiana.

O Banco Central vendeu o lote integral de 5.350 contratos de swap cambial tradicional ofertados nesta segunda-feira em operação de rolagem do vencimento maio. Em 15 leilões neste mês, o BC já vendeu 4,013 bilhões de dólares nesses contratos. O lote a expirar em 2 de maio é de 5,343 bilhões de dólares.

Por Laís Martins; Edição de Camila Moreira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below