for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up
marketsNews

Fraude com bitcoin em plataforma brasileira pode ter causado rombo de R$50 milhões

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Bitcoin Banco (GBB) informou nesta sexta-feira que apresentou denúncia à delegacia de Estelionato de Curitiba alegando ter sido alvo de um esquema de fraude, num desfalque equivalente a cerca de 50 milhões de reais.

Segundo a companhia especializada em criptomoedas, com sede em Curitiba, o esquema envolvendo cerca de 30 pessoas fazia saques duplicados, explorando uma vulnerabilidade na plataforma.

Apenas um dos fraudadores conseguiu sacar 2 milhões de reais ilegalmente, afirmou o GBB, que explicou que técnicos estão consultando a base de dados e movimentações feitas nos últimos três meses nas exchanges NegocieCoins, TemBTC e BATExchange, que somam mais de 100 mil clientes.

Para evitar mais prejuízos com saques fraudulentos, o grupo adotou a operação manual para pagamentos solicitados, o que gerou lentidão no atendimento desde o dia 16.

“Todos os pagamentos serão honrados. Porém, por causa da fraude, não podemos mais nos comprometer com prazo máximo”, disse em nota o presidente do GBB, Johnny Pablo dos Santos.

O GBB suspendeu depósitos em reais e em criptomoedas até 29 de maio. O limite de saque será de 10 mil reais e 1 bitcoin por dia a partir de quarta-feira, por prazo indeterminado.

Por Aluísio Alves

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up