10 de Agosto de 2008 / às 14:30 / em 9 anos

Phelps avança fácil nos 200m livre; EUA quebram recorde do 4x100

Por Julian Linden

<p>Presidente dos EUA, George W. Bush, segura medalha de ouro conquistada pelo nadador Michael Phelps nos 400m medley, neste domingo, nos Jogos de Pequim. Photo by Larry Downing</p>

PEQUIM (Reuters) - Michael Phelps chegou tranquilo à semifinal dos 200 metros estilo livre e ainda terá a chance de disputar sua segunda medalha de ouro em 24 horas, depois que seus companheiros da equipe norte-americana pulverizaram o recorde mundial do revezamento 4x100 metros livre, neste domingo.

De volta à piscina apenas horas depois de quebrar seu próprio recorde mundial para vencer os 400m medley, Phelps terminou em segundo lugar na sua bateria, e quarto no geral, atrás do suíço Dominik Meichtry.

O tempo de Phelps, 1min46s48, foi quase três segundos acima do recorde mundial que ele estabeleceu no Campeonato Mundial do ano passado, mas o nadador tirou o pé do acelerador para guardar um pouco de energia para um extenso programa em que ele espera conquistar oito medalhas de ouro.

“Hoje foi uma prova para chegar até amanhã, apenas isso”, disse Phelps. “Tentei guardar tudo, descansar, recuperar e sair daqui, para que eu não ficasse tão cansado. Esta manhã foi bem emocional.”

Phelps assegurou lugar em sua segunda final, na segunda-feira, mesmo sem ter mergulhado na piscina do Cubo d’Água de Pequim, quando a equipe americana marcou o novo recorde mundial (3min12s23) e se classificou em primeiro lugar no 4x100m livre, à frente da equipe da França, apesar dos dois países não contarem com seus melhores nadadores.

O recordista mundial Aaron Peirsol também pegou leve para se classificar como o terceiro mais rápido na prova dos 100m costas, atrás do seu companheiro de equipe Matt Grevers (53s41).

“As preliminares servem para chegar à próxima prova. Esses recordes podem vir a qualquer dia, meu foco principal está lá na frente”, disse ele.

“ADRENALINA” A nadadora Kirsty Coventry, do Zimbábue, que conquistou medalha de prata na final dos 400m medley no início do dia, liderou a classificação para os 100m costas.

Ainda em grande forma depois de nadar de manhã, Coventry venceu sua bateria com um tempo redondo de 59s, apenas 0s03 atrás do recorde mundial de Natalie Coughlin.

“Acho que eu ainda estava com parte da adrenalina desta manhã, eu não precisei juntar muita energia para entrar e me energizar”, disse Coventry.

A australiana Leisel Jones teve um começo brilhante em sua jornada para conquistar o título olímpico ao conseguir o melhor tempo da prova dos 100m costas.

Duas vezes recordista mundial e várias vezes campeã mundial, Jones venceu fácil sua prova em 1min05s64, mais de meio segundo acima do seu próprio recorde mundial, mas ainda assim mais rápida do que qualquer outra nadadora que esteve na prova.

“Eu não forcei, nem estava ofegante no final”, disse Jones. “Foi uma prova fácil, foi como se estivesse treinando.”

A recordista mundial italiana Federica Pellegrini superou a britânica Rebecca Adlington e se classificou em primeiro lugar na prova dos 400m livre, cuja final acontece na segunda-feira.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below