14 de Agosto de 2008 / às 15:38 / em 9 anos

Yao Ming comanda 1a vitória da China; EUA arrasam Grécia

Por Alastair Himmer

PEQUIM (Reuters) - Com entusiasmo e de forma incansável, o pivô Yao Ming comandou a equipe chinesa de basquete masculino, na quinta-feira, em sua primeira vitória nesta Olimpíada.

Os Estados Unidos, favoritos à medalha de ouro, garantiram um lugar nas quartas-de-final ao vencerem os gregos por 92 a 69 em uma partida marcada por uma estonteante série de enterradas acrobáticas realizadas por Kobe Bryant e LeBron James.

Gritando sem parar com seus companheiros de equipe para lhe passarem a bola, o gigantesco pivô chinês marcou 30 pontos na vitória por 85 a 68 contra Angola, pelo Grupo B, deixando vivas as esperanças da China de passar à próxima fase.

“Acho que essa é a nossa química”, disse Yao. “É muito bom vencer um jogo nas Olimpíadas. É um sentimento totalmente diferente vencer dentro da nossa casa. Mas ainda temos um longo caminho a percorrer.”

Uma enterrada violenta do pivô fechou o primeiro quarto da partida com a China à frente, por 24 a 8. Mas Angola recuperou-se e diminuiu essa diferença para apenas dois pontos, quando Eduardo Mingas marcou uma cesta de três pontos a poucos segundos do final do segundo quarto.

Capitaneados por Yao, os chineses voltaram a distanciar-se no placar, na terceira parte do jogo. Uma enterrada de Yi Jianlian selou esse período, deixando os chineses à frente por 61 a 47 e botando fogo nos 17 mil torcedores presentes no ginásio.

Na partida entre os EUA e a Grécia, que teve um sabor de vingança para os norte-americanos, derrotados pelos gregos nas semifinais do campeonato mundial de 2006, Bryant marcou 18 pontos e James, 13.

O ponto alto da partida foi uma ponte aérea concluída por Bryant depois de Dwyane Wade ter interceptado um passe dos gregos e, jogando-se para o lado da cadeira dos jornalistas, haver realizado um passe perfeito e, aparentemente, impossível.

“Estamos dez vezes melhores hoje do que estávamos em 2006”, afirmou James à Reuters. “Não temos fraquezas. Mas sabemos que, se não jogarmos com intensidade e se não jogarmos como sabemos, podemos sofrer uma derrota.”

Com a ajuda dos 15 pontos marcados por José Calderón (ala do Toronto Raptors), a Espanha, atual campeã mundial, garantiu seu lugar nas quartas-de-final ao derrotar a Alemanha por 72 a 58, pelo Grupo B.

O também ala Paul Gasol, do LA Lakers, acrescentou 13 pontos à terceira vitória consecutiva da Espanha.

Pelo Grupo A, a Lituânia atrapalhou os planos da Rússia, atual campeã européia e três vezes medalha de bronze nas Olimpíadas, ao vencer por 86 a 79 e garantir uma vaga nas semifinais. Os russos agora acumulam duas derrotas e uma vitória no campeonato.

Reportagem adicional de Jason Subler

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below