8 de Junho de 2008 / às 20:50 / 9 anos atrás

Cheguei perto da perfeição, diz Nadal após vitória em Paris

Por Julien Pretot

PARIS, França (Reuters) - Rafael Nadal disse ter jogado uma partida quase perfeita neste domingo, após massacrar o número 1 do mundo, Roger Federer, por 6-1, 6-3 e 6-0, obtendo seu quarto título consecutivo em Roland Garros.

O espanhol e segundo cabeça-de-chave, invicto no saibro parisiense desde sua estréia em 2005, se impôs em apenas 1 hora e 48 minutos.

“Eu não esperava uma partida como essa”, disse Nadal a repórteres.

“Acho que joguei uma partida quase perfeita. Roger cometeu mais erros do que o normal e eu joguei mais dentro da quadra”, acrescentou.

“Melhorei um pouco desde o ano passado. Tenho mais controle dos pontos, estou mais agressivo.”

O tenista de 22 anos, natural de Mallorca, disse ser um jogador mais completo agora, tendo perdido menos de dois games por set em sua 28a vitória consecutiva em Paris.

“Estou jogando mais dentro da quadra, e não só a dois metros da linha de fundo”, declarou Nadal.

“Melhorei meu slice, e mudo mais de direção. Bato bolas mais baixas, especialmente de backhand.”

Embora seu nível de jogo indique que ele pode ser uma ameaça a Federer na grama e na quadra dura, Nadal minimizou as comparações com o líder do ranking.

“Sinto-me como o número dois porque sou o número dois e estou mais próximo do número três do que do número um”, disse ele.

Nadal mostrou respeito por seu adversário derrotado, recusando-se a comemorar efusivamente depois do ponto final.

“Mesmo se estiver jogando meu melhor tênis, não venço por 6-1, 6-3 e 6-0”, declarou. “Ele não jogou muito bem, caso contrário este resultado não teria sido possível.”

“Eu não me preparei para comemorar. Hoje foi duro para Roger, tive que mostrar respeito. Tenho um bom relacionamento com ele.”

Nadal, que parece a caminho de quebrar o recorde de Bjorn Borg de seis títulos em Roland Garros, disse que a partida virou a seu favor em definitivo no sétimo game do segundo set.

Federer recebeu uma largadinha em um breakpoint e, ao invés de fazer o mais seguro, tentou um winner de backhand que acabou na rede.

“Salvei um ponto muito bom em 3-3. Foi o ponto do jogo”, disse Nadal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below