6 de Junho de 2008 / às 20:07 / em 9 anos

Federer e Nadal decidem novamente o título de Roland Garros

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - O tenista número 1 do mundo, Roger Federer, prepara-se para mais uma final de Roland Garros contra o tricampeão Rafael Nadal, depois de ter passado com dificuldade, nesta sexta-feira, pelo francês Gael Monfils, por 6-2, 5-7, 6-3 e 7-5.

O primeiro cabeça-de-chave, que perdeu as duas últimas finais do Aberto da França para o adversário espanhol, misturou winners brilhantes com erros não-forçados antes de ultrapassar a penúltima barreira na luta para conquistar o único título do Grand Slam que ainda não tem no currículo.

“Ele jogou um primeiro game ruim e eu consegui um primeiro set muito bom. Mas então ele impôs seu jogo. A disputa foi muito apertada e eu estou contente”, afirmou Federer em uma entrevista concedida ao lado da quadra.

Nadal, que entrou em quadra na primeira semifinal do dia contra o sérvio Novak Djokovic, manteve a invencibilidade após 27 partidas em Roland Garros ao derrotar o campeão do Aberto da Austrália com incrível facilidade, por 6-4, 6-2 e 7-6 (7-3).

Em quatro participações no torneio parisiense, essa é a quarta final consecutiva do espanhol, número dois do mundo.

“Talvez a forma com que a partida transcorreu hoje tenha sido mais fácil do que eu esperava”, disse Nadal a repórteres.

Quando Federer foi questionado sobre como jogaria em sua terceira final consecutiva contra Nadal, no domingo, o suíço respondeu: “Nós disputamos dois grandes jogos em Monte Carlo e em Hamburgo. E é um prazer jogar novamente contra ele”.

“Infelizmente para mim, ele tem jogado maravilhosamente bem desde o começo do torneio”, acrescentou Federer, que perdeu as finais de Monte Carlo e Hamburgo para o espanhol.

Contra o tenista da casa Monfils, o tenista passou fácil pelo primeiro set e acreditou ter deixado claro que o francês, número 59 do mundo, não se tornaria o primeiro jogador do país a participar de uma final de Roland Garros desde que Henri Leconte conseguiu o feito, em 1988.

O parisiense, porém, não entendeu a mensagem e conquistou o segundo set, empatando a disputa e obrigando Federer a lançar mão de seu plano B.

O suíço, 12 vezes campeão de Grand Slams, atacou a rede, disparando bolas de fundo de quadra nas costas de Monfils, antes de vencer um jogo que durou no total três horas e cinco minutos.

Federer havia começado de forma brilhante, quebrando o primeiro serviço do francês e, em seguida, confirmando o seu com uma bola curta humilhante.

Na mudança de lado, Monfils chamou seu técnico a fim de sanar um problema com a lente de contato de seu olho esquerdo, mas isso não o ajudou muito.

ESTÁDIO DE FUTEBOL

Quando o cronômetro marcava pouco mais de meia hora de jogo, Federer conquistou o primeiro set, aproveitando-se da passividade do francês.

Após sofrer uma quebra de serviço no segundo set, o francês passou a atacar seu adversário, que começou a disparar forehands para fora da quadra.

No 12o game, o suíço servia com 40-15, mas Monfils conseguiu recuperar-se e conquistar um set point. O número um do mundo ainda salvou uma bola na rede, mas cedeu na segunda vez, mandando outro forehand para fora da quadra.

No entanto, o pentacampeão de Wimbledon teve suas chances na rede para quebrar o serviço de Monfils no terceiro e quinto games.

Quando Federer estava sacando para conquistar o set, o francês tirou da cartola um acrobático e surpreendente winner de backhand. Mas o suíço conquistou o game seguinte para assumir a liderança da partida por 2 sets a 1.

Federer precisou evitar alguns break points no terceiro, quinto e sétimo games do quarto set, antes de ter dois match points no serviço de Monfils.

O número um desperdiçou-os e viu a quadra central de Roland Garros transformar-se em um estádio de futebol torcendo para o francês.

Pela terceira vez, no entanto, o suíço teve sorte, marcando o ponto e vencendo a partida com um voleio de backhand, o que deixou frustrada a multidão de torcedores, que não vê um jogador da casa conquistar o torneio desde o triunfo de Yannick Noah em 1983.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below