23 de Outubro de 2007 / às 04:10 / em 10 anos

Nalbandian surpreende e bate Federer na final em Madri

Por Simon Baskett

<p>O argentino David Nalbandian, que sequer era um dos cabe&ccedil;as-de-chave do torneio, conseguiu uma vit&oacute;ria chocante sobre o n&uacute;mero um do mundo, Roger Federer, depois de perder o 1o t&iacute;tulo de um Masters Series com parciais de 1-6, 6-1 e 6-3 neste domingo. Foto em Madri, 21 de outubro. Photo by Sergio Perez</p>

MADRI (Reuters) - O argentino David Nalbandian, que sequer era um dos cabeças-de-chave do torneio, conseguiu uma vitória chocante sobre o número um do mundo, Roger Federer, depois de perder o primeiro título de um Masters Series com parciais de 1-6, 6-1 e 6-3 em Madri neste domingo.

Nalbandian, que bateu os números dois e três do mundo -- Rafael Nadal e Navak Djokovic, respectivamente--, em seu caminho para a final, se tornou o segundo jogador na história a bater os três melhores do ranking no mesmo torneio, o que Boris Becker havia feito em 1994.

O argentino, que saiu do top 10 para a 25a. posição nesta temporada, parecia estar fora de jogo quando Federer o bateu com facilidade no primeiro set.

Mas ele tornou-se o primeiro jogador a quebrar o serviço de Federer nesta semana, no segundo set e manteve-se calmo para empatar o jogo, antes que se aproveitasse de incomuns erros não-forçados do suíço para conquistar uma vitória célebre.

Foi a primeira derrota de Federer desde que ele perdeu para Djokovic na final do Masters Series de Montreal, em agosto, e apenas sua sétima derrota no ano.

Federer havia batido Nalbandian em oito dos últimos nove encontros entre os dois, incluindo uma vitória por 6-4 e 6-0 na semifinal deste mesmo torneio no ano passado, mas o argentino foi o último a vencer o suíço em quadra coberta, o que aconteceu na Masters Cup de Xangai, em 2005.

O número um do mundo parecia estar no caminho para mais uma vitória depois de fazer seu costumeiro começo de partida sem falhas, na quadra super-rápida da Arena de Madri.

Ele quebrou o serviço de Nalbandian no quarto game, depois de colocar o argentino sob pressão com passadas de backhand soberbas, e novamente no sexto, com um forehand corajoso, para conquistar o primeiro set em meia hora de partida.

PRIMEIRA QUEBRA

Mas justamente quando o suíço parecia que iria levar tranquilamente o jogo, Nalbandian reagiu na partida ao quebrar o saque de Federer no segundo game do segundo set.

O jogo foi interrompido brevemente quando o sistema de irrigação para a quadra disparou alguns jatos, mas Nalbandian manteve sua concentração e pressionou em seu saque para fechar o set em 6-3.

Federer parecia nervoso no começo do set decisivo e concedeu a Nalbandian outra quebra no terceiro game, depois de duas inesperadas bolas longas para fora dos limites da quadra.

O número 25 do mundo manteve Federer nas cordas com um serviço excelente, devoluções no fundo de quadra e quebrou novamente o serviço para conquistar seu sexto título da ATP na carreira e apagar o desapontamento que havia sido a derrota para Marat Safin na final de Madri em 2004.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below