19 de Maio de 2014 / às 20:54 / em 4 anos

Simeone mantém esperança sobre lesão de Diego Costa

BARCELONA (Reuters) - O técnico do Atlético de Madri, Diego Simeone, não desistiu de ter Diego Costa em forma para a final da Liga dos Campeões, embora sérias dúvidas recaiam sobre o atacante, que tem uma lesão na coxa.

Um comunicado do clube disse que o artilheiro com 36 gols, peça-chave na conquista do título espanhol, sofreu uma “lesão muscular de nível um” em sua coxa durante a última partida da temporada espanhola, contra o Barcelona no fim de semana.

É a terceira vez nos últimos meses que Costa tem tido problemas com sua coxa, mas essa é a primeira vez em que se fala de um rompimento, e não de um estiramento.

Embora isso signifique que ele não deve mais estar apto para enfrentar o Real Madrid pela final da Liga dos Campeões em Lisboa, Simeone mantém o pensamento positivo.

“Faltam ainda vários dias e nós não vamos fazer previsões agora, tão antes de uma partida com essa importância. Ele é um jogador importante, mas que precisa estar pronto”, disse Simeone em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

O Atlético, que garantiu o título espanhol com um empate em 1 x 1 ante ao Barcelona no sábado, dá os últimos passos de uma temporada histórica,  mas a intensidade da campanha tem cobrado seu preço, e Arda Turan também gera dúvidas para a final, com uma lesão na região pélvica.

“Vamos esperar para como Arda e Costa vão estar até o fim da semana. Dada a situação de que eles não estão prontos para jogar, vamos buscar alternativas”, disse Simeone.

O argentino disse que a equipe está agora completamente concentrada na final contra o Real, após o triunfo na Espanha.

“É sempre melhor vencer e levantar o moral dos jogadores e das pessoas. Embora tenhamos celebrado, agora temos que virar a página e temos diversos dias para trabalhar duro, sabendo que vamos enfrentar um forte rival”, disse Simeone.

“Eu diria que temos 50 por cento de chance no jogo. Ele possuem melhores talentos individuais, mas nós somos um time. Temos muita motivação e eles vão também ter bastante, o que resultará em uma partida equilibrada, cuja chave estará no meio do campo.”

O Atlético enfrentou o Real quatro vezes nessa temporada, com uma vitória e um empate pelo Campeonato Espanhol, e duas derrotas pela semifinal da Copa do Rei.

“A final vai ser diferente, não vejo similaridades com as outras partidas. Vai ser um jogo com disputa e ansiedade”, disse Simeone.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below