27 de Maio de 2014 / às 23:59 / em 4 anos

Alemanha e Uruguai são favoritas para Copa, apontam estatísticas

LONDRES (Reuters) - A boa forma pode ser temporária, mas quando uma Copa do Mundo está em jogo, atributos temporários podem ser cruciais para uma campanha bem sucedida, e estatísticas reveladas nesta semana sugerem que Alemanha e Uruguai podem se sobrepor ao favorito Brasil.

A Opta, empresa de análise esportiva, vem estudando as estatísticas da última temporada dos campeonatos Inglês, Espanhol, Francês, Italiano e Alemão e criou uma fórmula que pode antecipar quem irá erguer o troféu no dia 13 de julho.

A Opta montou um “Time dos Sonhos” com jogadores que devem se destacar no Brasil.

“Chegamos aos 11 vendo uma série de estatísticas de cada jogador em cada posição”, disse o responsável pelos resultados da Grã-Bretanha na Opta, Duncan Alexander, à Reuters nesta terça-feira.

”A Opta coleta mais de 250 categorias e registra cerca de 2 mil dados em cada partida analisada, mas temos uma variedade de ferramentas que nos permite filtrar facilmente os jogadores por atributo e desempenho”.

A escalação, que deve provocar discussões em bares de todo o mundo, contém nomes habituais como Yaya Touré, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, mas os campeões mundiais Alemanha e Uruguai podem se gabar por ter dois jogadores em forma a caminho do Brasil.

A Alemanha conta com o versátil capitão Philipp Lahm, que tem uma eficiência de passe de 92 por cento na liga alemã. O meio-campista do Borussia Dortmund Marco Reus entrou no time dos estatísticos por seu envolvimento direto em 40 gols em todas as competições desta temporada.

Os adversários do Uruguai terão que lidar com o bom zagueiro central Diego Godín, enquanto Luis Suárez, atacante do Liverpool, que enfrenta uma batalha para entrar em forma para o Mundial depois de passar por uma cirurgia no joelho, participou de 43 gols na atual temporada, mais do que qualquer outro jogador das cinco principais ligas europeias.

“Há um elemento de subjetividade quando se escolhe qualquer grupo de jogadores”, admite Alexander, cuja equipe montou o time a pedido do agenciador de apostas William Hill.

“Mas utilizando categorias que sabemos que times profissionais valorizam, esta equipe deve ser a escolha mais eficaz baseando-se nos níveis de desempenho recentes”.

Os 11 são:

Goleiro: Thibaut Courtois (Bélgica)

Defensores: Philipp Lahm (Alemanha), Diego Godín (Uruguai), Giorgio Chiellini (Itália), Leighton Baines (Inglaterra)

Meio-campistas: Arturo Vidal (Chile), Marco Reus (Alemanha), Yaya Touré (Costa do Marfim)

Atacantes: Luis Suárez (Uruguai), Lionel Messi (Argentina), Cristiano Ronaldo (Portugal)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below