20 de Junho de 2014 / às 13:38 / em 3 anos

Balotelli quer beijo da rainha se Itália ajudar Inglaterra

BELO HORIZONTE (Reuters) - O atacante italiano Mario Balotelli pode ter dado o beijo da morte na Inglaterra com o gol que a derrotou na estreia na Copa do Mundo, mas agora ele quer uma autêntica recompensa caso se transforme em seu salvador.

Jogador italiano Mario Balotelli sorri durante coletiva de imprensa na Arena Pernambuco, em Recife. 19/06/2014. REUTERS/Brian Snyder

A segunda derrota da Inglaterra no Grupo D para o Uruguai na quinta-feira a deixou à beira da eliminação.

Mas há uma réstia de esperança para o time de Roy Hodgson se a Itália derrotar a Costa Rica nesta sexta-feira.

Se a Itália depois derrotar o Uruguai, e a Inglaterra também derrotar a Costa Rica, nos dois últimos jogos do grupo na próxima terça, Wayne Rooney e companhia ainda têm chances de se classificar pelo saldo de gols.

“Se derrotarmos a Costa Rica eu quero um beijo, obviamente na bochecha, da rainha da Inglaterra”, disse o sempre esperto Balotelli, de 23 anos, no Twitter após a derrota da Inglaterra em São Paulo.

Bem conhecido dos ingleses por sua passagem pelo Manchester City --e pelas piadas--, foi uma fria cabeçada de Balotelli que garantiu a vitória de 2 x 1 para a Itália sobre a Inglaterra em Manaus.

Enquanto os príncipes William e Harry são notórios fãs de futebol e sem dúvida iriam adora encontrar o astro italiano, a rainha Elizabeth prefere as corridas de cavalo e pode não ficar muito entusiasmada com o prospecto de beijá-lo.

Por Andrew Cawthorne

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below