28 de Junho de 2014 / às 13:43 / em 3 anos

Torcida chilena confia em ‘Mineirazo’ e brasileiros apostam em vitória apertada

BELO HORIZONTE (Reuters) - Os torcedores do Chile que se preparavam para entrar no estádio do Mineirão algumas horas antes do jogo contra o Brasil neste sábado, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, estavam confiantes em um ´Mineirazo´, enquanto brasileiros acreditavam em uma vitória apertada do time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

Casal aguarda jogo Brazil x Chile no Mineirão. 28/06/2014 REUTERS/Toru Hanai

Numa referência ao ‘Maracanazo’, como ficou conhecida a derrota do Brasil em casa na final do Mundial de 1950 para o Uruguai, os chilenos querem ver nova derrota dos anfitriões, desta vez para a seleção deles.

“Estamos com toda a confiança do mundo. Será um Mineirazo se a Fifa não colocar sua mão negra. Temos medo da arbitragem”, disse à Reuters o chileno Cristian Rojo, engenheiro ambiental que chegou há três dias em Belo Horizonte e está gostando da organização da Copa no Brasil.

Jogadores chilenos também chegaram a manifestar preocupação com a arbitragem nesta semana, mas a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) rebateu dizendo que era uma falta de respeito ao povo brasileiro.

Problemas extra campo à parte, os chilenos veem o grupo de jogadores de sua equipe como “a melhor geração da história”, como afirmou o jornalista Ignácio Vallmitjana, que assistirá à terceira partida do time nesta Copa, depois de ver a vitória de 2 x 0 sobre a campeã mundial Espanha, no Rio de Janeiro, e a derrota para a Holanda pelo mesmo placar, em São Paulo.

Se os chilenos mostram confiança, os brasileiros também acreditam em classificação para as quartas de final, mas preveem dificuldades.

“Eu acho que vai ser uma disputa acirrada, porque os dois times estão bem preparados. Mas o Chile não tem a força da camisa que o Brasil tem, então acho que vai ser 1 x 0 ou 2 x 1 para o Brasil”, declarou o analista de sistemas Vladimir de Freitas, que viajou de Brasília para Belo Horizonte para acompanhar a partida.

O Brasil já enfrentou o Chile por três vezes em Copas do Mundo e ganhou as três, em 1962, 1998 e 2010.

“Esta é a oportunidade de mudar a história. Se não for agora, não vai ser nunca”, afirmou o comerciante chileno Miguel Plana.

Para o brasileiro André Rodrigues, no entanto, o retrospecto favorável ao Brasil será mantido. “Eles são fregueses e vão ficar esperando (por uma vitória). Ainda mais com o Valdivia (jogador do Palmeiras) em campo. Mas vai ser muito difícil. Um gol acho que eles vão fazer”, disse o professor de educação física, que estava no estádio com a família e previa um placar de 2 x 1.

O clima no Mineirão antes da partida era de confraternização entre as duas torcidas, que tiravam até fotos juntas, apesar das provocações. Diante de um dos portões da arena, os chilenos gritavam o tradicional “Chi, chi, chi, lê, lê, lê, viva Chile”, e os brasileiros respondiam com “Brasil, Brasil”.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below