3 de Julho de 2014 / às 22:45 / em 3 anos

CURTAS-Não gostou vai para o inferno, diz Felipão sobre encontro com jornalistas

FORTALEZA (Reuters) - Luiz Felipe Scolari disse que não se arrependeu do encontro com seis jornalistas “amigos” esta semana na Granja Comary, ao ser perguntado nesta quinta-feira se estava arrependido de ter convocado a conversa com o pequeno grupo no centro de treinamento da seleção brasileira, em Teresópolis (RJ).

Técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, durante treinamento em Fortaleza. 3/7/2014 REUTERS/Leonhard Foeger

“Não, adorei”, respondeu.

O técnico ainda aproveitou a pergunta e convidou jornalistas mulheres que acompanham a seleção brasileira para um bate-papo na semana que vem, já prevendo uma vitória do time sobre a Colômbia, sexta-feira, em Fortaleza, pelas quartas de final do Mundial.

“Eu sempre fiz isso, se eu não puder fazer o que eu gosto de fazer... Vou fazer do mesmo jeito. Gostou, gostou, não gostou vai para o inferno”, disse o treinador em entrevista coletiva no Castelão, local do jogo contra a Colômbia.

RECADO PARA VAN GAAL

Felipão também disparou contra o treinador da Holanda, Louis Van Gaal, que já havia sido alvo de críticas duras do técnico brasileiro nesta Copa do Mundo por ter sugerido que a Fifa estaria beneficiando o Brasil na Copa.

“O complô para o Brasil que aquele senhor falou, agora foi ajudado”, disse Felipão, referindo-se ao pênalti marcado a favor da Holanda nos acréscimos do jogo contra o México, que garantiu a classificação aos holandeses para as quartas de final.

SUSPENSO SÓ DO JOGO

O assessor de imprensa da seleção brasileira, Rodrigo Paiva, suspenso pela Fifa por uma partida devido à expulsão no intervalo de Brasil x Chile por uma confusão com um jogador chileno durante o intervalo, compareceu normalmente à entrevista coletiva desta quinta no Castelão. Assim que entrou na sala, ele mesmo explicou: “Hoje eu posso, só estou suspenso do jogo.”

TORCIDA BARRADA

Torcedores da seleção brasileira ficaram do lado de fora do estádio Presidente Vargas, onde o time treinou para o jogo contra a Colômbia. De 3 mil a 5 mil pessoas se aglomeraram do lado de fora do “PV” para tentar ver os jogadores, mas não houve jeito. Alguns que tentaram escalar grades foram impedidos pela polícia e por seguranças.

De acordo com a CBF, a decisão de vetar a entrada de torcedores no treino é uma determinação da Fifa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below