6 de Setembro de 2014 / às 14:12 / em 3 anos

Dunga aprova atuação do Brasil contra Colômbia: "fomos competitivos"

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A vitória da seleção brasileira sobre a Colômbia por 1 x 0 em amistoso em Miami e o bom desempenho da equipe surpreenderam o técnico Dunga no reinício de um trabalho após a decepção na Copa do Mundo deste ano.

“Para ser sincero não esperava que o nosso rendimento pudesse ser como foi com a Colômbia. Foi muito bom e fomos muito competitivos”, disse Dunga após o jogo de sexta-feira à noite. “Jogamos bem; defendemos e atacamos e fizemos o gol na hora certa.”

O Brasil venceu graças a um belo gol de falta marcado por Neymar já no final da partida, depois que os colombianos jogaram quase todo o segundo tempo com um jogador a menos por causa da expulsão de Cuadrado.

Dunga, que substituiu Luiz Felipe Scolari depois do Mundial, alertou antes do confronto contra os colombianos que o Brasil teria dificuldades por ser um recomeço de trabalho, do pouco tempo para treinar e devido ao fato de a Colômbia ter o mesmo time e treinador, o argentino Pekerman, há cerca de quatro anos.

Apesar de o Brasil contar com um técnico novo, o time que começou o jogo tinha oito jogadores que estiveram na Copa. “Os jogadores já se conhecem e isso favoreceu o nosso entrosamento”, afirmou Dunga.

O jogo em Miami, com um público de quase 74 mil pessoas, foi a reedição das quartas de final da Copa, em que os brasileiros superaram a Colômbia por 2 x 1. Depois dessa partida, porém, o torneio virou um pesadelo para o Brasil, derrotado por 7 x 1 para a Alemanha e 3 x 0 para a Holanda.

A partida marcou ainda o reencontro do atacante Neymar com o colombiano Zuñiga, que o tirou da Copa do Mundo após uma entrada que causou a fratura em uma vértebra do brasileiro. Eles se abraçaram e conversaram sobre o lance.

“Meu reencontro foi legal; saí vencedor. Falei com ele para jogar tranquilo e esquecer aquilo”, declarou Neymar aos jornalistas.

PONTOS POSITIVOS

A movimentação da equipe, a redução dos espaços e a solidez da defesa foram pontos destacados pelo treinador na vitória em Miami. Segundo Dunga, o que se viu em campo contra a Colômbia foi um time equilibrado, sólido e com qualidade técnica.

 “Quanto mais qualidade, mais confiança para o time. A defesa, os laterais e o meio-campo, todos tendem a crescer. Não podemos só jogar, temos que melhorar com os jogadores experientes em campo. Isso estimula a concentração e que cada um eleve mais o seu nível”, afirmou.

Os jogadores do Brasil também aprovaram a atuação na reestreia de Dunga, que voltou ao comando da equipe após dirigi-la de 2006 a 2010. O meia Oscar, titular no Mundial, ficou empolgado. “Recomeçar com vitória é sempre bom e estamos no caminho certo”, avaliou ele.

Neymar, novamente o destaque do Brasil e novo capitão da seleção, disse que todos os jogadores têm que se cobrar. “Muito feliz, contente pela confiança de todos. Sou agora o capitão, mas somos um time. Todo mundo tem que se cobrar.”

O Brasil volta a campo na terça-feira contra o Equador. O zagueiro David Luiz espera um jogo duro, porém menos pegado do que contra a Colômbia.

“Gostei muito da vitória e da estreia; foi muito intenso, um jogo duro, com muitas faltas. Tentei controlar o time para ninguém perder a cabeça”, revelou.

O zagueiro Miranda, que ficou de fora da Copa, afirmou que o objetivo traçado pelo treinador foi alcançado. “A Colômbia joga junto há bastante tempo e valorizou muito a vitória. O Dunga pediu a vitória e conseguimos alcançar o objetivo”, finalizou.

 (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below