27 de Outubro de 2014 / às 22:29 / em 3 anos

Tevez volta à seleção argentina depois de três anos

BUENOS AIRES (Reuters) - O atacante Carlos Tevez e Lionel Messi voltarão a se encontrar na seleção argentina depois de três anos para os amistosos de novembro contra Croácia e Portugal, segundo a lista revelada nesta segunda-feira pelo técnico Gerardo Martino.

Tevez comemora gol da Juventus contra a Roma em 5 de outubro. REUTERS/Giorgio Perottino

Tevez, ignorado pelo treinador anterior da seleção, Alejandro Sabella, era um dos jogadores mais solicitados pelos argentinos.

Ele fez 13 gols em 64 partidas pela Argentina, e jogou com a camisa argentina pela última vez em 16 de julho de 2011, quando a equipe perdeu para o Uruguai por pênaltis na Copa América, que disputou em casa.

Agora, o atacante da Juventus terá uma nova oportunidade em 12 de novembro diante da Croácia, em Londres, e no dia 18 frente a Portugal, em Manchester.

Tevez, que já marcou nove gols pela Juventus nesta temporada, não foi levado em conta por Sabella, e Martino tampouco o convocou para seus três primeiros confrontos à frente do time argentino.

O atacante ganhou a medalha de ouro na Olimpíada de Atenas, em 2004, e participou de duas Copas do Mundo, em 2006 sob o comando de José Pekerman e em 2010 com Maradona.

Martino também convocou o goleiro Wilfredo Caballero, os defensores Cristian Ansaldi, Federico Fazio e Ezequiel Garay e o meio-campista Lucas Biglia.

A seguir, os convocados para os amistosos:

Goleiros: Sergio Romero (Sampdoria, Itália), Wilfredo Caballero (Manchester City, Inglaterra), Nahuel Guzmán (Tigres, México).

Defensores: Nicolás Otamendi (Valência, Espanha), Cristian Ansaldi (Atlético de Madri, Espanha), Facundo Roncaglia (Genoa, Itália), Marcos Rojo (Manchester United, Inglaterra), Martín Demichelis e Pablo Zabaleta (Manchester City), Federico Fazio (Tottenham Hotspur, Inglaterra), Federico Fernández (Swansea, Inglaterra), Ezequiel Garay (Zenit, Rússia)

Meio-campistas: Javier Mascherano (Barcelona, Espanha), Ever Banega (Sevilla, Espanha), Roberto Pereyra (Juventus, Itália), Lucas Biglia (Lazio, Itália), Angel Di María (Manchester United), Erik Lamela (Tottenham), Javier Pastore (PSG, França), Enzo Pérez e Nicolás Gaitán (Benfica, Portugal).

Atacante: Carlos Tevez (Juventus), Lionel Messi (Barcelona), Gonzalo Higuaín (Nápoli) e Sergio Aguero (Manchester City).

Por Luis Ampuero

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below