29 de Janeiro de 2015 / às 12:37 / em 3 anos

Adaptado ao Barça, Neymar vira peça essencial na caçada ao Real Madrid

BARCELONA (Reuters) - Neymar demorou para se adaptar, mas finalmente está brilhando no devastador trio ofensivo do Barcelona, que se prepara para enfrentar o Villarreal no Campeonato Espanhol, no domingo, de olho no Real Madrid.

Atacante Neymar, do Barcelona, marca gol contra o Atlético de Madri pela Copa do Rei. 28/01/2015 REUTER/Sergio Perez

A pressão das expectativas e o escândalo por causa do verdadeiro valor de sua transferência do Santos para o Barcelona, em 2013, pareceram pesar nas costas do brasileiro durante sua primeira temporada com o time catalão.

Ele também teve dificuldade em se acostumar com as exigências físicas da liga espanhola e sofreu uma série de contusões.

O atacante levou parte da culpa por o Barça ter encerrado a última campanha sem nenhum grande troféu, mas, ajudado pela atenção da mídia voltado ao polêmico Luis Suárez, Neymar está mostrando seu potencial em solo europeu.

Ter Lionel Messi novamente em boa forma influencia, e Suárez, embora ainda não tenha exibido as finalizações mortais que demonstrava no Liverpool, está se entrosando bem com a equipe.

Messi fez mais gols na atual temporada, mas Neymar criou o hábito de marcar em partidas cruciais, incluindo sua dobradinha quando o Barça virou o placar duas vezes e eliminou o Atlético de Madri da Copa do Rei, na quarta-feira.

O Barcelona garantiu uma vaga na semifinal com a vitória de 3 x 2 –4 x 2 no placar geral– em uma partida tumultuada que o Atlético terminou com nove jogadores.

Como o Barça é conhecido por seus passes curtos no meio-campo, surpreendeu que os dois gols tenham surgido em contra-ataques rápidos.

No primeiro, o trio de atacantes demoliu a defesa do Atlético, com Messi passando para Suárez e o uruguaio dando assistência para Neymar finalizar com precisão cirúrgica.

A comemoração exagerada de Neymar e sua postura em campo pareceram irritar os adversários, e o técnico do Barça, Luis Enrique, achou prudente tirá-lo nos 15 minutos finais.

“Neymar esteve confiante como sempre e nos ofereceu muito no ataque, assim como na defesa. É do estilo dele anular os jogadores, e ele fez isso muito bem”, disse Luis Enrique aos repórteres.

O Real Madrid, um ponto à frente do Barça no topo da tabela, encara o Real Sociedad no sábado sem Cristiano Ronaldo, e o Atlético, quatro pontos atrás do líder, irá buscar a recuperação da derrota recente na visita ao Eibar.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below