21 de Fevereiro de 2015 / às 13:47 / em 3 anos

Mourinho pede aos árbitros proteção para Hazard

LONDRES (Reuters) - O meia do Chelsea, Eden Hazard, pediu ao treinador José Mourinho uma caneleira que também proteja a parte de trás das pernas, depois de sofrer um número recorde de faltas no Campeonato Inglês e nas competições europeias nesta temporada.

Mourinho, que pediu aos árbitros que protegessem o belga, disse que Hazard sofria faltas perigosas e, às vezes, entradas táticas e traiçoeiras para impedir que escapasse dos marcadores com sua velocidade nos contra-ataques.

“Pediu que eu falasse com meus amigos que fabricam caneleiras de carbono para tentar fazê-los produzir uma para a parte de trás das pernas, como os cavalos que fazem saltos, porque também recebe faltas por trás”, disse o português, na entrevista de imprensa antes da partida contra o Burnley.

Hazard, 24 anos, está em primeiro lugar no ranking de jogadores que mais faltas recebem na liga inglesa, com 74, 14 a mais que Raheem Sterling, do Liverpool, o segundo colocado.

Contra o Paris Saint-Germain, pela Liga dos Campeões, na última terça-feira, o jogador do Chelsea foi derrubado nove vezes.

Mourinho destacou que, como Hazard é um jogador honesto que tenta se manter de pé, os infratores costumam escapar das punições.

“Deveria ser o jogador que mais cartões amarelos cava nos rivais, mas não é”, disse Mourinho.

“Eden quer jogar. Eden não quer que os outros sejam expulsos. Já viu um árbitro apitar pênalti em um jogador que não cai?”.

O antigo treinador do Real Madrid acrescentou que o belga recebe muitas faltas táticas pela sua qualidade e velocidade com as pernas.

“Os árbitros tem que entender isso. Algumas vezes as pequenas faltas são grandes infrações no contexto da partida. Pode ser uma falta leve, mas que quebra um contra-ataque”, disse.

“Acho que Eden é castigado das duas formas. Castigado com agressão. Em Paris, recebeu nove faltas, mas três delas foram muito feias, muito perigosas e não poderia fazer nada”.

Mourinho disse que era perfeitamente normal que alguns jogadores atraíssem mais atenção por parte dos defensores e fossem marcados mais de perto.

“Mas depois chegam as faltas e as faltas têm que ser punidas”, explicou, acrescentando que Hazard era claramente um jogador de sorte por nunca ter se machucado gravemente. 

“Merece ter sorte”.

O Chelsea encara o jogo deste sábado com uma vantagem de sete pontos na liderança do Campeonato Inglês.

Por Clare Lovell

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below