6 de Abril de 2015 / às 16:28 / em 3 anos

Venezuelano se desculpa por morder adversário em jogo da liga mexicana

(Reuters) - O capitão da seleção venezuelana, Juan Arango, pediu desculpas por morder um jogador adversário no ombro no final de uma partida tumultuada do Campeonato Mexicano.

Capitão da seleção venezuelana, Juan Arango, durante partida contra o Equador, em foto de arquivo. 19/10/2012 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

O Tijuana, time de Arango, perdia de 4 x 3 parra o Monterrey e estava a segundos do apito final quando ele chegou junto ao meio-campista Jesus Zavala e o mordeu.

“Fiz algo que não deveria ter feito com Zavala”, admitiu o também meio-campista de 34 anos.

“Falei com ele depois do jogo e me desculpei, foi um jogo muito nervoso, fiquei exaltado e tive essa atitude negativa, não sou assim, mas infelizmente aconteceu. Trocamos camisas depois do jogo, conversarmos e fim de papo”.

Zavala chegou a cair no gramado, e publicou uma foto da mordida em uma mídia social.

O incidente lembrou a dentada do uruguaio Luis Suárez no ombro do italiano Giorgio Cheillini na Copa do Mundo do ano passado no Brasil. Suárez recebeu uma suspensão de nove partidas de sua seleção e um afastamento de quatro meses do clube em que atuava.

O árbitro do jogo de sábado da liga mexicana encerrou o confronto segundos depois da mordida e não puniu Arango, mas a comissão disciplinar da liga ainda pode fazê-lo.

O Tijuana lidera o torneio com 23 pontos após 12 jogos. O Monterrey está em 10o com 16 pontos.

Por Andrew Downie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below