26 de Abril de 2015 / às 19:49 / em 3 anos

É impossível o Chelsea perder o título, diz Wenger

LONDRES (Reuters) - O Arsenal ainda tem chances matemáticas de vencer o Campeonato Inglês, mas na avaliação do treinador da equipe, Arsene Wenger, será “impossível” o Chelsea não terminar como campeão, principalmente após o empate em 0 x 0 entre as duas equipes neste domingo.

O resultado no Emirates Stadium mantém o Chelsea, a cinco jogos do fim, na primeira colocação com 77 pontos, 10 a mais que o atual campeão Manchester City, que tem quatro jogos a fazer, e que o Arsenal, a cinco jogos de terminar sua participação no campeonato.

Se o Chelsea vencer o Leicester City na próxima quarta-feira, o único time que poderá teoricamente alcançar o líder será o Arsenal, mas Wenger admite que não pensa nessa possibilidade. 

Perguntado se o Chelsea será o campeão, o treinador do Arsenal disse: “Sim, nós sabemos disso. É impossível eles perderem o título agora.”

“Eles não são os campeões ainda, mas serão. Você colhe o que planta. Eles começaram muito bem e isso fez a diferença na primeira metade da temporada em comparação com nós. Eles jogaram muito bem.”

O resultado deste domingo pôs fim a uma sequência de nove vitórias consecutivas do Arsenal jogando em casa pelo Campeonato Inglês, e também a sequência de nove vitórias seguidas contando todas as competições, e deixou Wenger ainda sem saber o que é vencer o treinador do Chelsea José Mourinho em 13 confrontos ao longo da última década. 

A temporada do Arsenal ainda pode terminar em alta, no entanto, caso a equipe conquiste pela segunda vez consecutiva a Copa da Inglaterra diante do Aston Villa. Wenger se mostrou otimista com o desempenho do time na segunda metade de campeonato. 

“E acredito que nós diminuímos a distância (para o Chelsea) desde o início da temporada”, disse.

“Agora nós queremos terminar bem na temporada. Você olha para outros resultados e todo jogo é difícil. Vamos enfrentar o Hull City fora de casa e antes de jogamos a final da Copa da Inglaterra queremos assegurar nosso lugar no grupo dos quatro melhores, e isso não está confirmado ainda.”

“Depois disso, vamos nos firmar entre os três primeiros, depois entre os dois, e é tudo o que podemos fazer por ora.”

Mas Wenger minimizou o fato de nunca ter vencido Mourinho e também do Arsenal não vencer o Chelsea há oito jogos (a última vitória foi um 5 x 3 no Stamford Bridge em outubro de 2011). Os Gunners também não marcaram um gol sequer contra os rivais de Londres nas últimas cinco partidas entre eles.

“Vamos falar do clube ou do nosso time, e não de mim. O que queremos é ganhar o jogo. O resto, para nós, é conversa da imprensa. O que interessa é o que acontece dentro de campo”, disse Wenger.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below