June 6, 2017 / 3:06 PM / a year ago

Holandês Bosz sucede Tuchel no comando do Borussia Dortmund

BERLIM (Reuters) - Campeão da Copa da Alemanha, o Borussia Dortmund fechou um acordo de dois anos com Peter Bosz, ex-técnico do Ajax Amsterdã, para substituir Thomas Tuchel no comando do clube, informou o time alemão nesta terça-feira.

Peter Bosz, ex-técnico do Ajax Amsterdã, em evento em Dortmund, na Alemanha. 06/06/2017 REUTERS/Wolfgang Rattay

O Dortmund, que terminou o Campeonato Alemão na terceira colocação e irá competir na fase de grupos da próxima temporada da Liga dos Campeões, demitiu Tuchel em 27 de maio, três dias depois de conquistar a Copa da Alemanha.

Tuchel se desentendeu publicamente com os dirigentes do time a respeito de um jogo da Liga dos Campeões marcado para o dia seguinte a um ataque ao ônibus do Borussia em abril.

Bosz, ex-jogador da seleção holandesa de 53 anos, levou o Ajax à final da Liga Europa nesta temporada, em que o time perdeu para o Manchester United, e se esperava que ele continuasse até a mudança súbita para a Alemanha.

“A conversa (com a diretoria do clube) me convenceu de que este deveria ser o próximo passo. Fiquei convencido de que podemos trabalhar bem juntos. Com respeito e qualidade”, disse Bosz durante sua apresentação oficial.

Sua transferência surpreendeu os torcedores holandeses, e a mídia local noticiou uma diferença de opinião entre Bosz e seu assistente e outros membros da equipe do Ajax.

“Sou treinador há quase 20 anos e o Ajax foi um ano. Para mim esta é uma grande oportunidade e quero olhar para frente, não para o passado”, disse Bosz, recusando-se a comentar as reportagens.

Ele gosta de um estilo de futebol ofensivo popular no Dortmund, e terminou em segundo lugar na primeira divisão da liga holandesa em sua primeira e única campanha com o Ajax.

“Por que Peter Bosz? Estamos convencidos de que o estilo de futebol que seus times jogam não é tão diferente de como queremos que nosso time aqui no Dortmund jogue”, disse o diretor de esportes do time alemão, Michael Zorc.

“Futebol ofensivo, novo, pra frente. Mas com boa posse de bola e pressão no contra-ataque”.

Por Karolos Grohmann

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below