June 8, 2017 / 3:34 PM / in a year

Tite diz que Brasil precisa jogar bem e ter resultado contra Argentina mesmo desfalcado

Técnico Tite. 27/03/2017 REUTERS/Paulo Whitaker

(Reuters) - O Brasil terá apenas quatro titulares do time que vem atuando nas eliminatórias da Copa do Mundo no amistoso de sexta-feira contra a Argentina, na Austrália, mas o técnico Tite acredita que a seleção tem condições de jogar bem e vencer a rival mesmo com tantas mudanças.

Na avaliação de Tite, uma vitória sobre o time de Lionel Messi por parte da modificada seleção brasileira consolidaria o bom momento do Brasil e elevaria a autoestima da equipe, que está invicta sob comando do treinador.

A defesa brasileira, que será formada por Weverton, Fágner, Thiago Silva, Gil e Fillipe Luís, estará totalmente modificada para o jogo amistoso, e os únicos titulares estarão no meio e no ataque: Paulinho, Renato Augusto, Phillippe Coutinho e Gabriel Jesus.

“Precisamos jogar bem e ter resultado para que a autoestima se consolide”, disse o técnico a jornalistas na véspera da partida.

O Brasil tem nove vitórias em nove jogos sob comando de Tite, e já garantiu vaga para Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

A Argentina, que terá a estreia do técnico Jorge Sampaoli no amistoso contra o Brasil, vive uma fase ruim e ainda luta por uma vaga no Mundial, o que levou Tite a chamar Sampaoli de “corajoso” por aceitar o cargo em um momento difícil.

O treinador brasileiro também destacou mais uma vez que o desafio agora para a seleção é consolidar o bom momento e crescer até a Copa.

“Eu não sei o quanto essa equipe pode crescer, mas o desafio é consolidar e crescer. Tenho que dar combustível, treinamento, incentivo, e os atletas têm que estar em alto nível para se consolidar esse estágio da seleção e confirmar esse desempenho”, avaliou o treinador, que lamentou o fato de o Brasil ter ficado fora da Copa das Confederações.

O Brasil deve jogar com Weverton, Fágner, Thiago Silva e Fillipe Luís; Fernandinho, Paulinho e Renato Augusto; Coutinho, William e Gabriel Jesus.

Por Rodrigo Viga Gaier, no Rio de Janeiro   

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below