June 11, 2017 / 7:29 PM / a year ago

Ex-lateral Roberto Carlos nega "veementemente" acusações de doping

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-lateral-esquerdo Roberto Carlos rebateu alegações de ter usado substâncias dopantes em sua carreira e prometeu acionar a Justiça após reportagem da emissora alemã ARD.

“Repudio veementemente as acusações irresponsáveis feitas pela rede alemã ARD, e reafirmo que nunca utilizei nenhum artifício que me fizesse levar vantagem sobre meus colegas”, afirmou Roberto Carlos em comunicado na noite de sábado.

“A reportagem cita o nome de um médico do qual nunca tive conhecimento em minha vida, e meus advogados já foram acionados para rebater na Justiça as alegações mentirosas.”

Um documentário veiculado pela rede ARD disse que o lateral campeão mundial em 2002 com a seleção brasileira foi nomeado em um dossiê da agência antidoping do Brasil para o Ministério Público em São Paulo em 2015.

A Reuters não conseguiu verificar de forma independente as alegações no documentário.

“Em toda a minha carreira, sempre defendi o jogo limpo e, acima de tudo, leal. As acusações mentirosas proferidas contra mim são completamente contrárias a esse pensamento”, acrescentou Roberto Carlos.

Por Andrew Downie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below