November 12, 2017 / 7:43 PM / a year ago

Federer inicia campanha nas finais da ATP com vitória sobre americano Sock

LONDRES (Reuters) - Com o objetivo de terminar o ano de modo tão sensacional quanto o começou, o suíço Roger Federer abriu sua campanha para o sétimo título das Finais da ATP com vitória por 6-4 7-6 (4) sobre o estreante norte-americano Jack Sock neste domingo.

O jogador de 36 anos levou uma canseira de Sock, mas se tivesse sido um pouco mais cirúrgico, o placar teria sido ainda mais favorável.

Sock, que entrou de penetra na festa de final de temporada quando se destacou dos demais, qualificando-se para o Masters de Paris, teve o pior início possível quando o segundo de dois magníficos backhands vencedores deram a Federer uma quebra de saque no primeiro game.

Foi a única quebra de saque na partida, embora Federer tenha estado sempre a frente de seu oponente de 25 anos, que tem um dos forehands mais duros do esporte.

Federer, o jogador mais velho a se qualificar para as Finais da ATP desde 1970, ficou horrorizado enquanto dois break points foram desperdiçados em 3-3 e outros dois em 4-4 no segundo set.

A resistência de Sock fez com que ele evitasse mais perigo a 5-5, mas Federer permaneceu intocável no saque e venceu 29 dos 32 pontos em seu serviço no segundo set.

Federer passou para uma liderança 4-2 no tiebreak e, embora Sock finalmente tenha arrancado um ponto do saque do hexacampeão a 4-4, Federer obteve os próximos três pontos e conquistou a vitória.

“A primeira partida de qualquer torneio é sempre uma luta”, afirmou o tenista, que aumentou sua contagem de títulos de grand slam para 19 ao vencer o Aberto da Austrália e Wimbledon este ano, após ter ficado afastado devido a lesões nos últimos seis meses de 2016.

“Eu tive um ótimo começo, minha maior esperança é que eu consiga jogar um pouco mais livremente depois disso”, disse. “O segundo set foi apertado, perdi algumas oportunidades, o ponto poderia ter ido para qualquer lado e no final ele me ajudou com algumas faltas duplas e erros”, completou Federer.

Pouco depois, Rafael Nadal foi agraciado com o prêmio de número um do ranking no fim do ano. O espanhol deve inaugurar sua campanha pelo único grande prêmio que o iludiu na segunda-feira, contra o belga David Goffin.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below