6 de Dezembro de 2017 / às 22:56 / em 9 dias

Chefes da Fórmula 1 recomendam novas medidas de segurança para o Brasil

PARIS (Reuters) - Os chefes da Fórmula 1 recomendaram novas medidas de segurança para o Grande Prêmio do Brasil depois que integrantes de equipes foram roubados ao sair do circuito de Interlagos, em São Paulo, no mês passado.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) informou em um comunicado após reunião do Conselho Mundial de Esportes a Motor em Paris, nesta quarta-feira, que o detentor dos direitos comerciais fez propostas devido aos incidentes em Interlagos.

Recomendou que o organizador da corrida mantenha um especialista em segurança independente para avaliar e aconselhar sobre medidas, com uma base policial no circuito, e melhorar comunicação entre todas as partes envolvidas.

“O Conselho Mundial fez um forte apelo ao organizador para implementar essas recomendações e melhorar a situação antes do evento do próximo ano”, acrescentou a FIA.

“A FIA oferecerá participar de discussões com as autoridades locais e acompanhar de perto a situação”, completou.

A equipe Mercedes, do campeão mundial Lewis Hamilton, foi uma das envolvidas nos incidentes em Interlagos.

Bens de valor, incluindo passaportes e telefones celulares, foram roubados.

Por Alan Baldwin em Londres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below