January 15, 2018 / 11:05 PM / in 10 months

Ginasta medalhista de ouro olímpica, Biles diz ter sido abusada sexualmente por médico

(Reuters) - A ginasta norte-americana Simone Biles, quatro vezes medalhista de ouro olímpica, disse nesta segunda-feira ter sido sexualmente abusada pelo ex-médico da equipe de ginástica dos Estados Unidos Larry Nassar, se juntando a uma lista de atletas que acusam o médico de má conduta.

Biles, de 20 anos, foi integrante-chave da equipe dos EUA que conquistou a medalha de ouro na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro. Ela se junta a um grupo de ginastas importantes que acusam Nassar de abuso, incluindo Gabby Douglas, Aly Raisman e McKayla Maroney.

“Eu também sou uma das muitas sobreviventes que foi sexualmente abusada por Larry Nassar”, disse Biles em uma carta publicada em sua conta no Twitter.

“Por favor acreditem em mim quando digo que foi muito mais difícil falar essas palavras em voz alta do que é agora colocá-las no papel. Existem muitas razões para eu ter relutado em contar minha história, mas agora eu sei que não é minha culpa.”

O advogado de Nassar, Matt Newburg, disse que não tem comentários sobre a mais recente acusação.

Nassar foi sentenciado no mês passado a 60 anos de prisão por acusações envolvendo pornografia infantil e deve ser sentenciado neste semana em Michigan, depois de se declarar culpado por conduta sexual criminal relacionada a acusações de que ele atacou meninas sob o disfarce de tratamento médico.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below