January 16, 2018 / 11:21 AM / 10 months ago

LeBron James diz que Trump encorajou racistas nos EUA

Jogador de basquete norte-americano LeBron James, do Cleveland Cavaliers, se aquece antes de jogo, em Orlando 06/01/2018

(Reuters) - O astro do basquete norte-americano LeBron James, do Cleveland Cavaliers, disse na segunda-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, encorajou racistas nos EUA e pediu que o país não permita ser dividido em linhas raciais.

“O cara no controle deu ao povo e ao racismo... uma oportunidade de sairem e serem sinceros sem medo”, disse James, um frequente crítico de Trump, a repórteres antes do jogo do Cavaliers contra o Golden State Warriors no feriado norte-americano em homenagem ao ativista dos direitos civis Martin Luther King.

“E esta é a coisa assustadora para nós, porque é com você e é todos os dias, mas ele permitiu que pessoas saiam e se sintam confiantes em fazer coisas negativas”, acrescentou.

Trump foi criticado na semana passada por supostamente chamar o Haiti e algumas nações africanas de “países de merda” durante um encontro na Casa Branca com parlamentares para discutir políticas imigratórias dos EUA.

Trump negou ter usado tal linguagem depreciativa, que fez com que fosse amplamente condenado por muitos líderes africanos e organizações internacionais. Ele disse a repórteres que é “a pessoa menos racista que vocês já entrevistaram”.

Por Rory Carroll

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below