February 4, 2018 / 5:01 PM / 9 months ago

Presidente do COI ameaça excluir o boxe dos Jogos Olímpicos

PYEONGCHANG, Coreia do Sul (Reuters) - O boxe poderá ser excluído dos próximos Jogos Olímpicos caso problemas financeiros e administrativos do órgão que regulamenta o esporte não sejam resolvidos, afirmou o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, neste domingo.

Falando em Pyeongchang antes das Olimpíadas de Inverno que começam na próxima semana, Bach afirmou que o COI está “extremamente preocupado” com o boxe e se encontra preparado para tomar decisões mais arrojadas.

“O COI reserva-se o direito de rever a inclusão do boxe nos programas dos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018 e da Olimpíada de Tóquio em 2020”, afirmou ele aos repórteres, acrescentando que o COI congelaria todos os contatos com a AIBA (órgão máximo do boxe olímpico mundial), de modo a “implementar as respectivas decisões do COI”.

A AIBA disse que a decisão do COI era “extremamente decepcionante” depois que a entidade do boxe apresentou um relatório de progresso conforme solicitado.

Após uma reunião de dois dias de duração do conselho executivo em Pyeongchang, Bach disse que o COI não estava satisfeito com o relatório preparado pela AIBA e que seria obrigado a abrir uma investigação a respeito da entidade.

A AIBA sofreu com diversos problemas internos durante meses, com o ex-presidente CK Wu primeiro sendo suspenso provisoriamente e depois deixando o cargo em novembro do ano passado após uma amarga disputa com seu comitê executivo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below