March 25, 2018 / 2:14 PM / 8 months ago

Oportunista, Vettel rouba vitória de Hamilton na F1

MELBORUNE, Austrália (Reuters) - Sebastian Vettel fez uso total do safety car para passar à frente de Lewis Hamilton e segurar o frustrado atual campeão da Fórmula 1 na primeira corrida da temporada, o Grande Prêmio da Austrália, neste domingo.

O infame “modo festa” do motor da Mercedes, que conseguiu a melhor volta e a pole para Hamilton no sábado pouco pôde fazer depois que Vettel, da Ferrari, tomou a dianteira ao reentrar a pista depois de passar nos boxes na corrida em Albert Park.

Hamilton, que largou em primeiro, parecia estar confirmado no caminho da vitória, com uma clara vantagem de ritmo, mas a prova virou de cabeça para baixo com o safety car, chamado à pista depois que a Hass de Romain Grosjean parou de funcionar na segunda curva.

Em outro resultado bom para a Ferrari o finlandês Kimi Raikkonen terminou em terceiro, deixando Daniel Ricciardo da Red Bull sem seu primeiro pódio em corrida em casa.

O tetracampeão Vettel conquistou a 48a vitória na categoria e a terceira em Melbourne depois de vencer em Albert Park no ano passado e em 2011.

“É desnecessário dizer que fomos sortudos com o timing do safety car”, disse o alemão, que havia largado em terceiro e herdou a liderança da prova por que Hamilton e Raikkonen haviam feito seus pit stops mais cedo na corrida, a jornalistas.

“Não é a melhor prova para conseguir ultrapassagens”, disse.

Para Hamilton, o resultado foi um remédio amargo de se engolir e teve semelhanças com a corrida do ano passado.

Vettel também havia conseguido reentrar na pista pela pista do pit em 2017 antes de correr para a vitória enquanto o britânico, que também havia largado na pole, ficava bloqueado pelo tráfego.

O chefe da Mercedes Toto Wolff disse que sua equipe havia feito um erro de cálculo ao processar a margem entre os carros durante o período em que o safety car entrou na pista.

“Pensamos que tínhamos uma margem suficiente”, disse Wolff à BBC. “Deve ter sido um bug no software do sistema que causou esse erro. Estamos cavando fundo para entender como tivemos esse problema.”

Hamilton, que havia falado confiante sobre “tirar o sorriso” do rosto de Vettel com a pole no sábado, tentava enxergar alguma maneira de se manter positivo.

“Até agora não entendo o que aconteceu”, disse o piloto de 33 anos a jornalistas. “Eu fiz tudo que acredito que tinha que ter feito.”

Depois do revés na saída dos boxes, Hamilton brigou duro para chegar em Vettel e se esforçou ainda mais depois de uma derrapada que aumentou a vantagem do alemão em quase três segundos.

Mas o inglês desistiu nas últimas voltas para preservar o carro para as corridas futuras.

O bicampeão do mundo Fernando Alonso terminou em quinto pela McLaren, na primeira corrida da equipe com o motor Renault, igualando o melhor resultado da escuderia nos três últimos anos, que tiveram motores Honda.

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, terminou em sexto depois de sofrer com uma derrapada que completou um giro completo de 360 graus na décima volta e o tirou da disputa pelo pódio.

O companheiro de equipe de Hamilton, Valtteri Bottas, terminou em oitavo depois de largar na 15a posição por uma punição por ter trocado a caixa de câmbio depois de um acidente pesado na etapa classificatória.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below