April 17, 2018 / 2:28 PM / 5 months ago

Grego vence Maratona do Polo Norte sob frio de 33º graus negativos

(Reuters) - Com a bandeira da Grécia em uma mão e o rosto coberto de gelo, o corredor Argyrios Papathanasopoulos se ajoelhou para descansar e comemorar depois de vencer a Maratona do Polo Norte, corrida de rua realizada no ponto mais extremo do norte da Terra.

Papathanasopoulos derrotou 46 oponentes e temperaturas de 33 graus Celsius negativos para vencer a “maratona mais fria do mundo”, organizada anualmente no Campo Barneo, conhecido como Campo Polo Norte, no domingo.

“Quase inacreditável. Vocês sabem que sou grego, então este não é o lugar certo para mim. É como um esquimó participando de uma corrida no deserto”, disse ele depois de cruzar a linha chegada em 4 horas, 34 minutos e 36 segundos.

No evento feminino, a chinesa Guoping Xie derrotou 13 adversárias.

Quase todos os competidores estavam cobertos dos pés à cabeça por roupas quentes para se protegerem das intempéries no cenário pitoresco, situado nas águas congeladas do Oceano Ártico.

O corredor australiano Marcus Fillinger só chegou na 41ª posição, mas o fez acompanhado de dois huskys siberianos, Druro e Blue, os primeiros cães a completarem a maratona.

Por Patrick Johnston, em Londres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below