April 18, 2018 / 12:33 AM / 5 months ago

Rogério Caboclo é eleito presidente da CBF para período de 2019 a 2023

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os clubes e federações de futebol do país escolheram nesta terça-feira como novo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Rogério Caboclo, diretor executivo da entidade, enquanto o atual presidente, Marco Polo De Nero, segue afastado por decisão da Fifa.

Cabloco assume o cargo em abril de 2019 e o mandato vai até 2023.

O diretor da CBF foi eleito com apoio quase unânime entre clubes das Séries A e B e presidentes de federações estaduais. Apenas Flamengo, Corinthians e Atlético-PR não votaram em Caboclo.

O dirigente teve o apoio de Marco Polo del Nero, que está afastado da CBF acusado de envolvimento em um escândalo global de corrupção no futebol.

“Farei uma gestão participativa, dialogando com todos - atletas, ex-atletas, técnicos, árbitros, clubes e federações – aplicando com independência as melhores soluções. De minha parte, prometo muito trabalho e a busca incessante de união e entendimento”, disse ele, segundo comunicado da CBF.

“Nossa gestão será marcada por dois pilares: eficiência e integridade, dos quais decorrerão todos os demais”, afirmou o presidente eleito, que será o chefe da delegação do Brasil na Copa da Rússia.

Caboclo, de 45 anos, foi dirigente do São Paulo e da Federação Paulista de Futebol, onde ocupou o cargo de vice-presidente, tendo permanecido na entidade de 2002 a 2015.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below