April 25, 2018 / 2:23 PM / 7 months ago

Momento de saída do Arsenal ​não foi minha decisão, diz Wenger

Técnico do Arsenal, Arsene Wenger 25/04/2018 Action Images via Reuters/Andrew Couldridge

(Reuters) - O técnico do Arsenal, Arsène Wenger, disse nesta quarta-feira que o momento de sua saída do time do Campeonato Inglês depois de quase 22 anos no comando não foi uma decisão que coube a ele.

O time do norte de Londres anunciou na semana passada que o francês de 68 anos deixará o clube no final da temporada, apesar de ainda ter um ano de contrato.

“O momento realmente não foi minha decisão”, disse Wenger a repórteres antes da partida de ida da semifinal da Liga Europa contra o Atlético de Madri, na quinta-feira. “Quanto ao resto, já falei a respeito”.

Wenger vinha sendo cada vez mais pressionado pelos torcedores para deixar o clube após uma sequência de resultados decepcionantes.

O Arsenal, que está em sexto na liga inglesa, ainda pode se classificar para a próxima temporada da Liga dos Campeões se conquitar a Liga Europa.

“Existe uma despedida perfeita? Não sei. Quero me sair tão bem quanto possível... este grupo de jogadores merece algo especial, e quero fazê-lo por eles e conquistá-lo com eles”.

Wenger disse que continuará trabalhando no futebol depois da atual temporada, mas não especificou onde assumiria outro posto como treinador.”Honestamente, não sei o que farei. Se vou descansar um pouco? Continuarei trabalhando, isso é certeza. No momento não estou pronto para me comprometer com nada além de dar meu melhor para o Arsenal”.

Por Hardik Vyas, em Bengaluru

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below