June 18, 2018 / 3:37 PM / 3 months ago

México enfrenta processo disciplinar da Fifa por canto homofóbico de torcedores

MOSCOU (Reuters) - A Fifa abriu um processo disciplinar contra o México depois que supostos cantos homofóbicos foram entoados por torcedores mexicanos durante a vitória do país contra a Alemanha no domingo.

Torcedor mexicano em partida México x Alemanha na Copa do Mundo 17/06/2018 REUTERS/Maxim Shemetov

Há muito tempo torcedores do México gritam um insulto, que grupos de direitos homossexuais consideram homofóbico, contra goleiros na hora da defesa.

“Atualizações adicionais serão comunicadas no devido tempo”, disse a Fifa. “Como os procedimentos estão em andamento, por favor entendam que não podemos comentar mais neste momento.”

A Federação Mexicana de Futebol (FMF), que tem pedido repetidamente para que os torcedores parem de utilizar o insulto, foi acionada 12 vezes por cantos homofóbicos durante as eliminatórias da Copa do Mundo, recebendo advertências para as primeiras duas infrações e multas para as 10 outras.

O insulto foi amplamente escutado durante os jogos do México na Copa do Mundo de 2014 no Brasil, quando a Fifa não tomou nenhuma medida, mas desde então a organização assumiu uma postura mais firme e outros países da América Latina, como Argentina e Chile, também foram multados.

A Fifa está utilizando três observadores especialistas em cada partida da Copa do Mundo para reportar comportamentos discriminatórios por parte dos espectadores.

Reportagem de Brian Homewood

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below