June 18, 2018 / 7:42 PM / in 5 months

Costa Rica tentará causar "surpresa" na Copa ao enfrentar Brasil, diz zagueiro

Kendall Waston (D) durante treino da Costa Rica 16/6/2018 REUTERS/David Gray

SÃO PETERSBURGO, Rússia (Reuters) - A seleção da Costa Rica tem obrigação de fazer uma partida sem loucuras para ser a surpresa da Copa do Mundo quando enfrentar o Brasil e manter viva a esperança de chegar às oitavas de final, disse nesta segunda-feira o zagueiro Kendall Waston.

A Costa Rica está no último lugar do Grupo E depois de perder para a Sérvia por 1 x 0 no domingo. Já o Brasil empatou em 1 x 1 com a Suíça, e por isso também tem obrigação de vencer.

    “Isto ainda não terminou, a partida que vem é muito dura, mas não impossível, tomara que possamos causar uma surpresa. Não queremos ficar atrás contra o Brasil porque precisamos dos três pontos”, disse Waston.

    “Não podemos dar uma de loucos, porque se tentarmos jogar de muitas maneiras podemos nos dar mal, então é preciso ter cuidado”, advertiu o zagueiro do time canadense Vancouver Whitecaps.

    Os sérvios lideram o grupo com três pontos, seguidos pelos brasileiros e suíços com um cada.

    A Costa Rica enfrentará o pentacampeão Brasil na sexta-feira, um confronto que pode representar a despedida de um dos times da Copa.

    “Isto é uma final, e do tipo tudo ou nada, é preciso colocar emoção, coração, fazer um bom trabalho e conseguir os três pontos. Precisamos ser positivos”, disse Waston.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below