June 22, 2018 / 8:55 PM / 5 months ago

Lojas de Moscou estocam cervejas para torcedores da Copa do Mundo

MOSCOU (Reuters) - Lojas de Moscou estão estocando cervejas para matar a sede de torcedores da Copa do Mundo após alguns bares relatarem escassez do produto.

Torcedores bebem cerveja em Moscou durante a Copa do Mundo 20/06/2018 REUTERS/Sergei Karpukhin

Em uma filial da rede russa de supermercados Azbuka Vkusa, caixas de Heineken, Guinness e marcas locais como Zolotaya Bochka bloqueavam os corredores nesta sexta-feira.

Milhares de torcedores estrangeiros na capital russa para o torneio, que tem um mês de duração, estão festejando até de madrugada, bebendo cerveja em bares, restaurantes e até mesmo nas ruas.

“Há cerveja em todos os lugares”, disse uma vendedora do supermercado Azbuka Vkusa. “Não há onde colocá-las”.

Cervejarias internacionais relataram um aumento na demanda para a Copa do Mundo, que vai até 15 de julho em 11 cidades russas, e garantiram que torcedores não ficarão sem a bebida, após algumas faltas na primeira semana do evento.

“Nós estamos passando por uma demanda mais alta por cerveja na Rússia, comparado com um período típico de verão na Rússia”, informou a Anheuser-Busch InBev, a maior empresa de cervejas do mundo e patrocinadora oficial da Fifa para a Copa do Mundo, à Reuters por e-mail.

“Nós nos planejamos e nos preparamos para este cenário para garantir que estamos entregando cerveja para nossos parceiros em capacidade total.”

A rede varejista russa de alimentos O’Key informou que a demanda por cerveja em suas lojas havia crescido 10 por cento desde 14 de junho, quando o torneio começou, em relação ao mesmo período no ano passado.

A Magnit, segunda maior varejista de alimentos da Rússia, informou que teve um aumento na demanda por cerveja em suas lojas localizadas em cidades-sede da Copa, atribuindo isto ao fluxo de torcedores, assim como tendências sazonais.

Quatro outras redes russas de supermercados, incluindo a Azbuka Vkusa, não responderam perguntas sobre como estão lidando com a demanda elevada por cerveja, mas gerentes de lojas locais disseram que precisaram aumentar estoques.

“Nós estamos tendo que encomendar mais cerveja por causa da Copa do Mundo”, disse Zinaida Fisher, gerente de um supermercado Perekrestok no centro de Moscou. “Mas nós temos o suficiente para todos.”

Em uma filial do supermercado Azbuka Vkusa, um vendedor chamado Kirill disse que a demanda por cerveja está em alta e que lojas tiveram que renovar constantemente seus abastecimentos.

“Quanto mais ao centro você for, mais você irá perceber que cerveja está sendo comprada em um nível espetacular”, disse Kirill, que não estava autorizado a falar em nome da loja. “Torcedores entram, compram cerveja e saem.”

Alguns torcedores estavam entornando mais que o suficiente.

“Incontáveis cervejas. Incontáveis. Muitas. Várias. Diversas”, disse o mexicano Hector Capistran, de 40 anos, quando perguntando sobre quanto bebeu.

Reportagem de Gabrielle Tétrault-Farber, Jack Stubbs, Maria Kiselyova, Olga Sichkar

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below