June 28, 2018 / 9:13 PM / 5 months ago

Capitão da Suécia deve permanecer na Rússia apesar de nascimento de bebê

Andreas Granqvist comemora gol da Suécia contra o México 27/6/2018 REUTERS/Damir Sagolj

SOCHI, Rússia (Reuters) - Andreas Granqvist, jogador da Suécia, indicou que será o capitão da sua seleção na partida pelas oitavas de final da Copa do Mundo contra a Suíça na terça-feira, apesar de sua mulher poder dar à luz o segundo filho do casal no mesmo dia.

Sophie Granqvist voltou recentemente à Suécia, já que seu marido deve deixar o clube russo FC Krasnodar depois de cinco anos assim que a Copa acabar e se juntar ao Helsingborgs em seu país natal.

“É difícil ir para casa quando você tem um jogo de oitavas de final para jogar”, disse Granqvist, que chorou de alegria quando a Suécia ganhou do México e assumiu a liderança do grupo.

Anteriormente, ele considerou voar de volta para a Suécia para presenciar o nascimento.

“Até agora, nada aconteceu em casa. Nós sabemos como a situação é - minha esposa está muito forte e ela tem muitos dos mais próximos e mais queridos perto dela”, disse Granqvist.

Por Philip O'Connor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below