July 4, 2018 / 6:03 PM / 3 months ago

Força da Suécia é a unidade, diz zagueiro Granqvist

GELENDZHIK, Rússia (Reuters) - A seleção da Suécia ficou fora do radar até chegar às quartas de final da Copa do Mundo, onde eles pretendem usar sua solidez como equipe em Samara para avançar às semifinais e acabar com os sonhos ingleses de conquistar sua primeira Copa do Mundo desde 1966.

Granqvist comemora classificação da Suécia para quartas de final 3/7/2018 REUTERS/Henry Romero

Depois de liderar seus colegas em um treino leve depois da vitória por 1 x 0 sobre a Suíça nas oitavas, o capitão da Suécia, Andreas Granqvist, disse que sua equipe não tem segredos antes do duelo contra a Inglaterra, que venceu a Colômbia nos pênaltis na terça-feira.

“Eles viram que nós somos uma equipe muito forte, jogamos juntos coletivamente, defendemos como equipe com todos os jogadores, atacamos como equipe. Somos realmente sólidos, não deixamos o adversário ter muitas chances”, disse Granqvist a jornalistas.

“Sabemos que somos bons em bolas paradas, sabemos que temos um bom contra-ataque. Eles viram nosso jogo, eles viram nossa primeira fase e como jogamos, e acho que eles terão grande respeito por nós.”

O zagueiro de 33 anos, que já marcou dois gols de pênalti no Mundial, não espera mudanças na estratégia defensiva que sua equipe usou até aqui.

“Acho que temos que olhar para o nosso elenco e olhar para o elenco do adversário. Normalmente, a outra equipe tem jogadores melhores no papel e nós deixamos que eles fiquem com a bola nos lugares que nós queremos que eles tenham a bola”, disse.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below