July 8, 2018 / 4:56 PM / 3 months ago

Sem medo, França está pronta para mostrar que Thierry Henry escolheu o lado errado

ISTRA, Rússia (Reuters) - A França vai para a semifinal da Copa do Mundo contra a Bélgica com “fome de vencer” e o desejo de mostrar a Thierry Henry, campeão mundial em 1998, que ele escolheu o lado errado, disse o atacante Olivier Giroud neste domingo.

O atacante francês aposentado é agora um membro da comissão técnica belga. Os dois times se encontrarão na terça-feira para decidir quem joga a final da Copa do Mundo no dia 15 de julho.

“É bizarro ter Thierry contra nós neste jogo”, disse Giroud a repórteres. “Eu ficaria muito orgulhoso de mostrar a Thierry que ele escolheu o lado errado.”

As duas seleções fizeram valer os prognósticos de favoritismo antes da Copa, com a França derrotando o Uruguai nas quartas de final e a Bélgica surpreendendo o pentacampeão Brasil para garantir sua vaga nas semis.

“Eu preferia ter Henry do nosso lado, para dar conselhos a mim e aos outros atacantes franceses, mas não tenho muita inveja”, disse Giroud, de 31 anos.

O atacante foi criticado por Henry no passado, mas disse que não há ressentimentos - apenas fome de vencer.

“Já se passaram alguns anos desde que ele disse aquilo sobre mim. Meu trabalho é ser bom em campo, representar a França da melhor forma possível. É também uma partida especial para ele.”

“Eu realmente quero comunicar (aos companheiros de seleção da França) minha fome de vencer.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below