July 19, 2018 / 9:45 PM / 3 months ago

Índices acionários dos EUA caem após resultados fracos e preocupações com comércio

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta quinta-feira após decepções com resultados e tensões comerciais aumentarem por preocupações de que a União Europeia poderá aplicar tarifas retaliatórias sobre bens importados dos EUA.

O índice Dow Jones caiu 0,53 por cento, a 25.065 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,395295 por cento, a 2.804 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,37 por cento, a 7.825 pontos.

Autoridades da Comissão Europeia de Comércio, que estarão em Washington para negociações na próxima semana, supostamente estão preparando uma lista de medidas recíprocas em resposta às tarifas propostas pelos EUA sobre carros da UE.

Montadoras de automóveis disseram que as tarifas sobre carros e peças dos EUA poderão aumentar os preços de veículos em 83 bilhões de dólares anualmente. A Ford Motor e a General Motors caíram 0,5 por cento e 1,4 por cento, respectivamente.

Na véspera, o relatório do Livro Bege do Federal Reserve mostrou que fabricantes em todos os 12 distritos do banco central norte-americano estão preocupados sobre o impacto da disputa comercial.

“Se isso acabar sendo uma guerra prolongada, vai ser uma má notícia”, disse Stephen Massocca, vice-presidente sênior da Wedbush Securities. “A menos que essa coisa comece a mostrar progresso significativo antes das eleições, será uma marca negra, porque a economia vai começar a desacelerar”, disse ele, referindo-as às eleições parlamentares de 6 de novembro.

As ações do eBay caíram 10,1 por cento após um relatório de resultados decepcionante. A ação foi uma das maiores quedas do Nasdaq e S&P 500.

A American Express Co caiu 2,7 por cento após a companhia de cartões de crédito reportar despesas crescentes devido ao maior gasto em seu programa de recompensas.

O índice do dólar atingiu brevemente uma máxima de um ano, reforçando preocupações de que a força na moeda norte-americana poderia prejudicar resultados de multinacionais dos EUA. Mas o dólar limitou perdas após o presidente Donald Trump demonstrar preocupação sobre uma moeda forte.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below